O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple agora permite transferências de apps que usam o iCloud

Ícone da App Store estilizado

Atualmente, quando um desenvolvedor vende a posse de um aplicativo da App Store ou simplesmente decide mudar a propriedade para outra conta/organização, é possível o fazer pelo App Store Connect, ferramentas online de gerenciamento de apps da Apple.

Publicidade

Se um app é transferido por esse método, todas as avaliações e classificações do software são mantidas e ele não é retirado nem por um segundo da loja da Maçã durante o processo — o que torna tudo bastante prático.

Porém, havia uma limitação que atingia um número crescente de desenvolvedores: apps que usam o iCloud não podiam ser transferidos dessa forma automatizada — resultando, às vezes, em “gambiarras” que poderiam tornar o processo para lá de desgastante.

Como cada vez mais aplicativos usam o sistema de nuvem da Apple, essa limitação vinha se tornando um grande problema, o que fez a empresa reformular o processo e anunciar que, agora, apps que usam o iCloud também podem ser transferidos normalmente usando o App Store Connect.

Publicidade

A Maçã ainda enfatizou que, assim como já acontecia com aplicativos que não usavam o iCloud, os softwares devem obedecer alguns critérios específicos para serem “transferíveis” — como ter pelo menos uma versão lançada na App Store.

Vale recordar que essa não foi a única “afrouxada” recente da Apple no que se refere às regras de transferência de apps. Em março, ela passou a permitir que integrantes do Programa da App Store para Pequenas Empresas (App Store Small Business Program) também transferissem seus apps para outras contas — o que era, até então, proibido.


Ícone do app App Store Connect
App Store Connect de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.9 (19.7 MB)
Requer o iOS 14.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPadOS 16 num iPad com Apple Studio Display, teclado e mouse usando o Stage Manager

Código do iPadOS 16 confirma que o Stage Manager foi testado em iPads antigos

Próximo Artigo
Baterias

Ativista britânico pede £750 milhões por iPhones lentos

Posts Relacionados