O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

DenPhotos / Shutterstock.com
Google no iPhone

Criptografia de senhas do Google agora é feita no dispositivo

De acordo com o 9to5Google, o gerenciador de senhas do Google passou a oferecer criptografia no dispositivo em iPhones, Androids e no Chrome. Desta forma, as senhas salvas na plataforma são postas sob mais uma camada de segurança à qual o Google não tem acesso. Assim “só você pode ver suas senhas”, afirmou a empresa em uma página de suporte.

Publicidade

Diferentemente da criptografia das senhas no próprio Google, na qual os servidores da companhia guardam a chave para acessar os dados, a nova função armazena essas chaves no próprio dispositivo — podendo-se usar o bloqueio de tela ou senha da conta do Google para realizar o acesso. A ideia da empresa é tornar essa forma o modo padrão a ser adotado no futuro.

Após ativada, a criptografia no dispositivo não pode ser desativada, alguns sites passam a não fazer login automaticamente e o check-up de senhas precisa de solicitação manual. Para destravar as senhas em outro dispositivo, será necessário digitar a senha da conta do Google e, como se pode imaginar, perder acesso a ela e à chave de criptografia significa também dar adeus as suas senhas. Por isso, a empresa dá ênfase a manter métodos de recuperação da conta ativos.

A novidade ainda está sendo liberada; sua ativação se dá nessa página do Google, na parte de configurações; no navegador Chrome, ou entrando nas configurações da conta do Google. Nesta última, deve-se ir à parte de segurança, onde se encontra o gerenciador de senhas e se pode ativar a criptografia no dispositivo, conforme a imagem abaixo.

Criptografia no Dispositivo do Google

A Apple oferece um serviço parecido com as Chaves do iCloud. Elas, porém, oferecem criptografia de ponta a ponta, embora a Maçã garanta que usa “uma chave criada usando informações exclusivas de seu dispositivo e por seu código de acesso, que só você conhece”, de maneira que ninguém mais tem acesso aos dados.

Publicidade

Talvez o lançamento dessa possibilidade por parte do Google estimule outras empresas a oferecer também a criptografia no dispositivo. É válido lembrar, entretanto, que a indústria de tecnologia — inclusive o Google — está indo na direção de um futuro sem senhas, como mostram as Chaves-senha (Passkeys) apresentadas pela Apple na WWDC22.

De qualquer forma, é sempre bom mais um pouco de segurança e privacidade, não é?


Ícone do app Google Chrome
Google Chrome de Google LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 103.0.5060.63 (166.1 MB)
Requer o iOS 14.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Podcast "Project Unabom"

Apple anuncia "Project Unabom", seu novo podcast original

Próximo Artigo
Adaptador de energia de 35W da Apple

Interior do carregador USB-C duplo de 35W da Apple é revelado

Posts Relacionados