O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Criação do modem 5G da Apple pode ter falhado, diz Kuo

Modem 5G da Apple
MacRumors

O analista Ming-Chi Kuo foi ao Twitter hoje para dizer que o desenvolvimento do modem da Apple “pode ter falhado”, de modo que a companhia deverá continuar usando componentes fornecidos pela Qualcomm nos próximos anos.

Publicidade

A nova informação vai de encontro ao que o próprio Kuo falou no ano passado. Na ocasião, o analista, disse que um iPhone com modem fabricado pela Apple seria lançado em 2023.

Minha última pesquisa indica que o desenvolvimento do modem 5G de iPhone próprio da Apple pode ter falhado, então a Qualcomm continuará sendo a fornecedora exclusiva de chips 5G dos iPhones do segundo semestre de 2023, com 100% de participação no fornecimento (contra a previsão anterior da companhia de 20%).

Vale lembrar que as duas empresas fecharam um acordo que deu fim a uma longa disputa judicial, em 2020. Os termos acordados preveem que a gigante de Cupertino deve usar modems da fabricante de chips até 2024 — o que, como repercutimos, colocava o tempo em favor da Apple para desenvolver seu próprio componente.

Agora, conforme analisa Kuo, o atraso da Apple dá uma certa vantagem à Qualcomm. Além de significar mais pedidos, também é uma situação mais confortável para a expansão de novos negócios que compensem a futura perda da Maçã como cliente quando ela atingir o seu objetivo de desenvolver seu próprio modem.

Publicidade

Ainda segundo Kuo, a possível falha no desenvolvimento por parte da Apple não deve significar um fim das tentativas da criação do componente. Apenas o prazo previsto anteriormente — pelos rumores — poderá não ser cumprido, de modo a continuarmos vendo iPhones no futuro próximo com modems da Qualcomm.

O Apple Word Today, contudo, traz uma informação diferente. O veículo contou que o Sellers Research Group (Grupo de Pesquisa de Vendedores, em tradução livre) não acha que a Apple não conseguirá desenvolver o modem até 2024. Também foi lembrado que a Maçã estaria em conversas preliminares com a fábrica ASE Technologies para a produção do componente, bem como já teria notificado sua parceira Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) para o mesmo fim.

A criação de um modem próprio faria a Apple transpassar mais uma fronteira de controle dos componentes e do software de seus produtos, algo em que a companhia já tem bastante destaque. Além de maior eficiência energética e desempenho, estamos falando de mais lucros, já que seria eliminada a necessidade de uma outra empresa na cadeia de produção. A Maçã já une esforços para esse objetivo há algum tempo, como mostrou a compra da divisão de modems da Intel, em 2019.

Vamos ver, não é?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Betas do iOS 15, do iPadOS 15, do macOS Monterey, do watchOS 8 e do tvOS 15

iOS 15.6, iPadOS 15.6, watchOS 8.7 e tvOS 15.6 ganham quartas versões beta

Próximo Artigo
Steve Jobs apresentando o iPhone

Documentário celebra aniversário de 15 anos do iPhone original

Posts Relacionados