O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Steve Jobs
AppAdvice

Casa Branca concede honraria póstuma a Steve Jobs [atualizado 2x]

A Casa Branca divulgou hoje a lista dos cidadãos americanos que receberão a edição de 2022 da Medalha Presidencial da Liberdade — a mais alta honraria civil concedida pelo governo dos Estados Unidos. Entre os 17 nomes selecionados pela administração do presidente Joe Biden este ano, está o do falecido cofundador da Apple, Steve Jobs.

Publicidade

De acordo com o governo americano, a honraria é concedida a indivíduos com “contribuições exemplares para a prosperidade, valores ou segurança dos EUA, paz mundial ou outros empreendimentos sociais, públicos ou privados significativos”. Além do ex-CEO1 da Maçã, a lista também inclui nomes como o da ginasta olímpica Simone Biles e do ator Denzel Washington (“A Tragédia de Macbeth”).

Steve Jobs (falecido em 2011) foi cofundador, chefe executivo e presidente da Apple, CEO da Pixar e ocupou um cargo de liderança na Walt Disney Company. Sua visão, imaginação e criatividade levaram a invenções que mudaram e continuam a mudar a maneira como o mundo se comunica, além de transformar as indústrias de computadores, música, cinema e wireless.

A Medalha Presidencial da Liberdade foi criada em 1963 durante a gestão do presidente John F. Kennedy e, desde então, já foi entregue 647 vezes — embora apenas 27 pessoas tenham sido premiadas “com distinção”. Jobs, por sua vez, se junta à lista de personalidades que receberam a honraria de forma póstuma.

O anúncio não específica quem representará Jobs no dia da entrega das medalhas, marcado para semana que vem (7 de julho) na Casa Branca. Entretanto, é esperado que Laurene Powell-Jobs, viúva do executivo, assuma esse papel.

Publicidade

Steve Jobs morreu em 2011, aos 56 anos de idade, em decorrência de um câncer no pâncreas, contra o qual ele lutava desde 2003. O executivo é lembrado, principalmente, pelo seu faro apurado para ideias inovadoras e pelo lançamento de produtos que revolucionaram os mais diversos mercados, como o iMac, o iPod, o iPhone e o iPad.

Atualização, por priscila klopper07/07/2022 às 20:43

Conforme anunciado, hoje foi concedida a Medalha Presidencial da Liberdade a Steve Jobs — e a outros 16 nomes — pelo presidente dos EUA, Joe Biden.

Publicidade

Para celebrar essa conquista póstuma, Tim Cook, atual CEO da Apple, publicou no Twitter uma homenagem dizendo que Jobs foi um “visionário” que “via o mundo não pelo que é, mas o que poderia ser”. Ele completou afirmando que valorizam a sua memória e continuarão a construir a partir do legado deixado por ele.

Hoje, Steve foi premiado com a Medalha da Liberdade, a mais alta honraria civil da América. Ele foi um visionário que nos desafiou a ver o mundo não pelo que é, mas pelo que poderia ser. Valorizamos sua memória e continuaremos construindo sobre seu legado.

Os demais premiados foram: Simone Biles, Sister Simone Campbell, Julieta García, Gabrielle Giffords, Fred Gray, Father Alexander Karloutsos, Khizr Khan, Sandra Lindsay, John McCain (póstumo), Diane Nash, Megan Rapinoe, Alan Simpson, Richard Trumka (póstumo), Wilma Vaught, Denzel Washington e Raúl Yzaguirre.

via 9to5Mac

Atualização II, por priscila klopper08/07/2022 às 12:15

Durante a cerimônia de entrega da Medalha Presidencial da Liberdade às 17 pessoas anunciadas, o presidente dos EUA, Joe Biden, falou sobre a importância de Steve Jobs para o nosso mundo e para a tecnologia em geral:

APPLE: Steve Jobs recebe postumamente a Medalha Presidencial da Liberdade.

O presidente afirmou que nós temos visto e continuaremos a ver grandes mudanças tecnológicas por causa de Jobs, pelas inovações na computação e por revolucionar nossa maneira de viver. Ele lembra que Jobs acreditava haver em todos nós uma “personificação do caráter americano”, de perseverança e resistência. Biden continuou relatando que “Steve deixou para nós algo especial: tecnologia como a capacidade de aprimorar nossas vidas de maneiras que ainda nem foram pensadas”.

Por fim, o presidente disse que a família continuaria com o seu legado, principalmente ajudando pessoas com câncer porque é algo com que nós nos importamos e Jobs também se importava.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Samuel Harret

"The Changeling", série do Apple TV+, terá Samuel Herring

Próximo Artigo
App Livros

App Livros está fechando no iOS/iPadOS 15.5 para alguns usuários

Posts Relacionados