O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple e Ericsson

Caso Ericsson: Apple tem pedido de indenização negado

No início do mês, comentamos aqui que a Ericsson havia conseguido banir a venda e a importação de iPhones e iPads que supostamente estariam violando suas patentes relacionadas ao 5G na Colômbia. Em resposta, a Apple pediu para que a corte do estado do Texas (Estados Unidos) — onde ela também está sendo alvo de outro processo — obrigasse a empresa sueca a indenizá-la pelos danos causados no país sul-americano.

Publicidade

Pois ontem, segundo informações do FOSS Patents, o juiz Rodney S. Gilstrap finalmente divulgou sua decisão. De acordo acordo ele, embora a frustração da Maçã seja compreensível, a empresa não conseguiu mostrar como a liminar colombiana teria causado qualquer “dano iminente e irreparável” que justificasse uma ação em outra jurisdição — recusando, assim, o seu pedido de indenização.

O juiz também explicou que, no lugar de uma petição emergencial, a Apple deveria ter entrado com uma petição regular, já que a primeira só pode ser apresentada em “circunstâncias verdadeiramente atenuantes”, e não como uma ferramenta para acelerar “o agendamento de um audiência”. O magistrado alertou, ainda, que esse tipo de movimento poderá resultar em sanções contra a própria Maçã.

Mesmo que o pedido de indenização da Apple tivesse sido aceito pela justiça americana, isso não seria o suficiente para interromper a Ericsson de seguir com sua liminar na Colômbia — a qual, como explicamos, impede qualquer tipo de “injunção antiprocessual” em um país estrangeiro.

Publicidade

Por enquanto, a única forma de a Maçã voltar a vender seus produtos no território colombiano é entrando em um acordo com a Ericsson sobre o uso de suas patentes 5G em seus dispositivos ou tendo sucesso em algum tipo de apelo judicial.

Vamos ver até onde essa novela vai…

via Patently Apple

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple TV+, Disney+ e Netflix

Roteiristas pedem garantias da Apple contra leis antiaborto nos EUA

Próximo Artigo
Amazon Cloud Drive

Amazon Cloud Drive será descontinuado em 2023

Posts Relacionados