O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Suposto recorte do iPhone 14 Pro

Mesmo com A15, “iPhone 14” poderá ser mais rápido que o iPhone 13

Enquanto esperamos o anúncio da próxima geração de iPhones, continuamos nos guiando pelos rumores. Desta vez, duas fontes apontam que veremos diferenças consideráveis entre a linha Pro e a “comum” nos modelos deste ano.

Publicidade

O analista Ming-Chi Kuo, que tem um histórico bastante certeiro, havia ventilado em março que os supostos “iPhones 14 Pro/14 Pro Max” ganhariam os novos chips “A16”, enquanto o “iPhone 14” e o “iPhone 14 Max/Plus” permaneceriam com a geração atual chip, o A15 Bionic, o qual equipa todos os iPhones 13.

O leaker ShrimpApplePro ratificou o rumor, mas afirmou que, mesmo utilizando um chip “antigo”, os aparelhos equipados com o A15 Bionic terão um “aumento geral de desempenho” por conta de um novo modem celular, um novo design interno, entre outras mudanças.

Apesar de usar *algum* hardware antigo, o “iPhone 14” não Pro ainda terá um aumento geral de desempenho em relação à linha do iPhone 13. Novo modem celular, novo design interno, etc.

Como já foi especulado anteriormente, uma dessas mudanças de uma geração para a outra seria aumentar a memória no aparelho de entrada, então o “iPhone 14‌” teria 6GB (2GB a mais que o iPhone 13). Quanto ao modem citado, é esperado que ele seja mais eficiente e fisicamente menor, utilizando menos energia e oferecendo um alto nível de desempenho.

Telas OLEDs diferentes

A diferença entre os modelos da mesma linha não ficarão somente nos chips, ao que conta o The Elec. A Apple supostamente utilizará telas OLED superiores nos “iPhones 14 Pro/Pro Max”, enquanto equipará os “iPhones 14 comuns” com uma tecnologia da geração anterior.

Publicidade

A Samsung Display deverá ser a fornecedora para todos os quatro modelos previstos para serem lançados este ano, enquanto a LG Display fornecerá apenas para dois dos quatro modelos.

As telas dos “iPhones 14/14 Max [ou Plus]” terão, respectivamente, 6,1 e 6,7 polegadas, utilizarão o conjunto de materiais M11 — o mesmo utilizados por iPhones e Galaxys desde 2019. Além disso, esses aparelhos terão painéis OLED de silício policristalino de baixa temperatura (LTPS) e transistor de filme fino (TFT).

Publicidade

Dando um passo adiante, os “iPhones 14 Pro/14 Pro Max” utilizarão o conjunto de materiais M12 (o mesmo das telas dobráveis da Samsung) e OLED de óxido policristalino de baixa temperatura (LTPO) e TFT. Esse tipo de OLED é conhecido por ser parte fundamental da tecnologia de ProMotion da Apple — já rumoradas para apenas esses modelos — que chega a taxas de atualização variáveis ​​de até 120Hz.


A Apple já estabeleceu uma tradição de diferenciar alguns recursos entre os modelos da mesma linha, como câmeras e display. Porém, essa estratégia de, em uma mesma linha, mudar o chip é nova. Sobre isso, Mark Gurman chegou a sugerir em abril que essa decisão teria vindo tanto para fazer com que os modelos Pro se destacassem quanto também pela escassez de chips.

Quanto às telas diferentes, a Apple também poderá fazer os modelos mais caros sobressaírem e, como comentou o The Elec, ainda fará a empresa economizar. Basta saber se ambas as diferenciações agradarão o público.

Publicidade
iPhones 13 e 13 mini iPhones 13 Pro e 13 Pro Max

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via MacRumors, 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Pedágio no Corredor Dom Pedro

Pedágios do Corredor Dom Pedro passam a aceitar Apple Pay

Próximo Artigo
App Store

Desenvolvedores franceses abrem ação coletiva contra a Apple

Posts Relacionados