O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Daniel Dror / Shutterstock.com
Caixas de iPhones

PM de SP abre licitação de R$1 milhão para compra de iPhones

O Governo do Estado de São Paulo abriu uma licitação para a compra de iPhones 12 pela Polícia Militar. O edital se destina à compra de 200 aparelhos em duas ofertas, sendo 150 unidades por R$5.710 cada (total de R$856.500) e 50 unidades pelo preço de R$6.185 (total de R$309.250). O total da pregão ultrapassa R$1 milhão.

Publicidade

De acordo com o G1, o próprio texto do edital traz as características do iPhone 12 como mínimas para a aquisição dos aparelhos. Aspectos como a tela Super Retina XDR, a resistência à água, o Face ID e até mesmo o processador A14 Bionic são destacados. “É vedada a oferta de aparelhos de características tecnológicas e construtivas inferiores às aqui estabelecidas”, diz.

A justificativa apontada pela PM é que a aquisição faria parte do “processo de modernização tecnológica da instituição, assim como a aquisição de outras ferramentas: armas de incapacitação neuromuscular, armas letais de última geração, câmeras operacionais portáteis, sistema de telemetria embarcada, câmeras térmicas para atuação em incêndios, drones, coletes balísticos mais leves e câmeras viárias inteligentes”.

Além disso, os iPhones serviriam para “transmitir dados sensíveis de ocorrências”, que exigiriam “alto grau de sigilo segurança”. Outro aspecto para que os dispositivos seriam importantes seria a “comunicação estratégica e planejamento de policiamento”, de modo que por isso seria necessária a compra dos celulares.

Publicidade

Segundo policiais ouvidos pelo G1, os aparelhos seriam destinados aos oficiais, já que os praças (de menor patente) não têm acesso a celulares funcionais, usando apenas um modelo Android que faz parte da viatura para registrar ocorrências. Seria um número realmente restrito de oficiais — por isso o total de 200 aparelhos presentes no edital da licitação.

Por fim, a PM informou que os valores registrados teriam apenas a intenção inicial de reservar o recurso, de modo que o preço a ser pago pode baixar no momento da aquisição. Lembrou-se, ainda, que a licitação está em fase de recurso e é possível que sequer chegue a ser concretizada, caso se entenda que não atende aos princípios da conveniência e oportunidade.

iPhone 12

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chips "M2 Pro" e "M2 Max"

Intel poderá atrapalhar produção de chips de 3nm da TSMC

Posts Relacionados