O melhor pedaço da Maçã.

MacBooks e Apple Watches poderão ser produzidos no Vietnã [atualizado]

Luiza Kamalova / Shutterstock.com
Apple Watches em exibição em loja

A Apple segue se esforçando para reduzir cada vez mais a sua dependência das linhas de produção chinesas — e, como já informamos, a Índia e o Vietnã estão sob a mira dos planos de expansão da gigante de Cupertino.

Publicidade

Além de iPads e AirPods, tanto o Apple Watch quanto modelos de MacBooks também poderão ser fabricados no Vietnã — uma vez que a Luxshare, uma das fornecedoras da Maçã, está realizando testes para transferir a produção desses dispositivos (e de outros) para o país, de acordo com uma reportagem do Nikkei.

AirPods, Apple Watch, HomePod e muito mais… a Apple tem grandes planos no Vietnã, além da fabricação do iPhone. Os componentes para MacBooks tornaram-se mais modularizados do que no passado, o que torna mais fácil produzir os laptops fora da China.

A questão sobre a natureza modular do MacBook Pro tem a ver com a forma como sua montagem ainda requer uma grande cadeia de fornecedores — e isso ainda não existe no Vietnã. Por outro lado, apesar da menor cadeia de fornecedores necessária para o Apple Watch, diz-se que o dispositivo exige fabricação extremamente precisa.

Ainda de acordo com a reportagem, não é só a Apple que está tentando diversificar sua cadeia de fornecedores geograficamente — vários outras grandes empresas de tecnologia também têm planejado reduzir sua dependência da China como principal território de produção.

Publicidade

O papel da China como a fábrica mais importante do mundo tem sido desafiado desde a guerra comercial e depois suas políticas de energia e “COVID zero”. Isso realmente torna o Vietnã, que fica perto da China, um destino ideal para muitos fabricantes de eletrônicos, à medida que o país aumenta gradualmente seu ecossistema de cadeia de suprimentos.

A Índia, vale notar, produzirá pela primeira vez a próxima linha de iPhones a tempo do lançamento, possivelmente no próximo mês, juntamente à China. As coisas estão mudando.

Atualização 19/08/2022 às 08:20

O analista Ming-Chi Kuo comentou, no Twitter, que a gigante de Cupertino já produz e comercializa Apple Watches produzidos no Vietnã.

Publicidade

Mais precisamente, ele afirma que a Luxshare, a mesma fornecedora da Maçã citada na matéria original acima, tem linhas de produção do Apple Watch Series 7 tanto na China quanto no Vietnã, sendo a empresa que mais possui linhas de produção fora da China entre as parceiras chinesas da Maçã.

O analista também prevê que a comercialização de Apple Watches produzidos no Vietnã aumentará significativamente, para cerca de 60-70%, com a próxima geração (a qual poderá ser apresentada no mês que vem).


Comprar MacBooks Air de 13″ e 15″ de Apple Preço à vista: a partir de R$9.899,10
Preço parcelado: a partir de R$10.999,00 em até 12x
Cores: meia-noite, estelar, cinza-espacial ou prateado
Chip: M2 (CPU de 8 núcleos; GPU de 8 ou 10 núcleos) ou M3 (CPU de 8 núcleos; GPU de 8 ou 10 núcleos)
Memória: 8GB, 16GB ou 24GB
Armazenamento: 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB
Adaptador de energia: 30W, 35W (duas portas) ou 70W

Comprar MacBooks Pro de 14″ e 16″ de Apple Preço à vista: a partir de R$21.599,10
Preço parcelado: a partir de R$23.999,00 em até 12x
Cores: preto-espacial, cinza-espacial ou prateado
Chips: M3 (CPU de 8 núcleos; GPU de 10 núcleos), M3 Pro (CPU de 11 ou 12 núcleos; GPU de 14 ou 18 núcleos) ou M3 Max (CPU de 14 ou 16 núcleos; GPU de 30 ou 40 núcleos)
Memória: 8GB, 18GB, 36GB, 48GB, 64GB, 96GB ou 128GB
Armazenamento: 512GB, 1TB, 2TB, 4TB ou 8TB
Adaptador de energia: 70W, 96W ou 140W

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Vídeo: títulos, contadores e infográficos para o Final Cut Pro (da MotionVFX)

Próx. Post

Apple sabe de bug do iOS que interfere na criptografia de VPNs, diz especialista

Posts Relacionados