O melhor pedaço da Maçã.

Waze ganha recursos voltados a carros elétricos

Diego Thomazini / Shutterstock.com
Waze

Donos de veículos elétricos que usam o Waze já podem comemorar, pois a empresa adicionou recursos importantes voltados a carros movidos a eletricidade no seu aplicativo para iOS e Android.

Publicidade

Agora, é possível selecionar seu veículo como elétrico nas configurações de navegação, ação que dá ao motorista acesso a várias informações sobre esse tipo de carro (como rotas específicas e pontos de recarga).

Em um comunicado à imprensa, o Waze anunciou que foram mapeados mais de 1.000 eletropostos e pontos de recarga em todo o Brasil — trabalho feito com a ajuda da comunidade de editores de mapa do app.

Heloísa Pinho, country manager do Waze no Brasil, destacou o espaço que os carros elétricos vêm ganhando no país — tanto por questões ambientais, quanto por economia (dado os preços atuais dos combustíveis).

Publicidade

A verdade é que esse público tem crescido e como somos um aplicativo construído pela comunidade e para a comunidade, aceleramos o nosso processo de inclusão dessa nova funcionalidade no aplicativo

Para selecionar a nova opção, usuários precisam dar os passos a seguir no app do Waze: Meu Waze » Configurações » Detalhes do Veículo » Tipo de veículo » Elétrico.

Mais boas notícias!

Motoristas de carros elétricos também ganharão um desconto de até 20% na contratação de seguro com as empresas Allianz, HDI, Liberty, Sompo, Tokio Marine e Zurich — oferta resultante da parceria do Waze com a Renault e a Auto Compara.

A oferta pode ser resgatada diretamente no site da seguradora com o uso do cupom CARROELETRICO.


Ícone do app Waze – GPS e Trânsito ao vivo
Waze – GPS e Trânsito ao vivo de Waze Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 4.101.2 (196.7 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

via Motor Show, Mobile Time

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Apple depende cada vez mais da China para criar iPhones

Próx. Post

Tweets poderão ser editados até cinco vezes

Posts Relacionados