O melhor pedaço da Maçã.

Chrome terá função de tradução presente no Safari e no Edge

Ícone do Google Chrome

Navegador mais utilizado do mundo, o Google Chrome chegou nesta semana à sua versão 106. Embora, por padrão, a mais nova atualização não venha carregada de muitas mudanças, ela chega com alguns poderosos recursos experimentais que podem ser ativados manualmente e deverão chegar oficialmente em futuras versões do browser.

Publicidade

Primeiro grande navegador a oferecer um recurso de tradução integrada, o software do Google ficou para trás quando falamos em algo simples, mas bastante prático: a possibilidade de traduzir trechos específicos de páginas. Por padrão, até hoje, clicar no botão de tradução do Chrome significa traduzir uma página por completo.

Agora, ao entrar no endereço chrome://flags/#desktop-partial-translate e habilitar a opção destacada, somos apresentados à possibilidade de tradução no menu contextual quando determinado texto está selecionado. O trecho traduzido, então, é exibido no menu de tradução, presente na parte superior do app.

É uma solução semelhante à que já existe no Safari — a qual abre uma caixa de diálogo quando solicitamos a tradução de determinado trecho. O Microsoft Edge, outro navegador que também já permitia a façanha, altera o trecho em questão na própria página — a qual passa a contar com dois idiomas.

Publicidade

Outro recurso que está em fase de testes no Chrome é a possibilidade de pesquisar por dados como histórico, favoritos e abas abertas diretamente pela barra de endereços — funcionalidade que é uma extensão de outro recurso já existente no navegador, as chamadas Chrome Actions.

Ativando-a em chrome://flags/#omnibox-site-search-starter-pack, é possível buscar itens frequentemente usados no navegador digitando atalhos simples como @history, @tabs e @bookmarks e um espaço — o que abre uma seção para que você pesquise pelo termo desejado.

Além disso, o Chrome também está desenvolvendo o seu leitor de RSS nativo, o qual pode ser acessado em chrome://flags/#following-feed-sidepanel e ganhou alguns incrementos em sua barra lateral.


Ícone do app Google Chrome
Google Chrome de Google
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 125.0.6422.51 (198.1 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

via Android Police

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

iPhone 14 Plus iria mesmo se chamar “iPhone 14 Max”

Próx. Post

Apple destaca função do Android como recurso do iOS 16

Posts Relacionados