O melhor pedaço da Maçã.
Wall Street Journal Detecção de Acidentes

Detecção de Acidentes não funciona em alguns testes do WSJ

Há algumas exceções, afinal de contas

Assim que alguns usuários colocaram suas mãos nos iPhones 14 [Pro], eles correram para testar o recurso Detecção de Acidentes (Crash Detection). Entretanto, a maioria dos testes contemplou somente os aparelhos dentro do carro que causou a colisão, ignorando o outro veículo que recebeu o impacto.

Publicidade

Por conta disso — e para pôr à prova também o Apple Watch Ultra —, a jornalista Joanna Stern, do Wall Street Journal, resolveu criar a sua própria experiência simulando acidentes em circunstâncias controladas (e uma paramédica, se fosse necessário). O resultado foi que ele realmente funciona — porém, há exceções.

YouTube video

Como já detalhamos aqui, o recurso funciona quando o usuário está dirigindo e entra em colisão com outro veículo. Assim, o iPhone ou o Apple Watch acusará que o usuário esteve em um acidente e discará para um serviço de emergência automaticamente — se não for cancelado.

Após ter iniciado com a tentativa — frustrada — de receber o aviso em um carrinho bate-bate, a jornalista contou com a ajuda de um carro de demolição e outros veículos parados em um ferro-velho para testar o recurso. Em diversos testes, os aparelhos normalmente detectavam os impactos, porém, por diversas vezes, o iPhone que estava no carro que recebeu o impacto não pipocou o alerta.

Publicidade

De acordo com um porta-voz da Apple, isso ocorreu pelas condições dos testes, que não fornecerem “sinais” suficientes ao aparelho para acionar o recurso nos carros parados:

Ele não estava conectado ao Bluetooth ou CarPlay, o que indicaria que o carro estava em uso, e os veículos podem não ter percorrido distância suficiente antes do acidente para indicar a direção. Se o iPhone tivesse recebido esses indicadores extras — e seu GPS mostrasse que os carros estavam em uma estrada real — a probabilidade de um alerta teria sido maior.

Conforme a Apple explicou, o recurso de detecção de acidentes depende de “algoritmos de movimento avançados projetados pela Apple, treinados com mais de 1 milhão de horas de condução no mundo real e dados de registro de acidentes”. Entre os sensores e hardwares utilizados estão o microfone, o barômetro, o GPS, o CarPlay, o Bluetooth e os sensores de movimento.

No vídeo, a jornalista também explica que, se o usuário estiver tanto com o Apple Watch conectado ao iPhone, o aviso de detecção aparecerá somente no relógio.

Publicidade

Portanto, vemos que não é 100% das vezes que o recurso é ativado com eficácia. Entretanto, como a Apple avisa na própria descrição do recurso que ele “não pode detectar todos os acidentes de carro”, certamente só teremos a noção de sua eficácia (e, provavelmente, salvará muitas vidas) quando a funcionalidade for colocada à prova na vida real.


Comprar iPhones 15 Pro e 15 Pro Max de Apple Preço à vista: a partir de R$8.369,10
Preço parcelado: a partir de R$9.299,00 em até 12x
Cores: titânio natural, titânio azul, titânio branco e titânio preto
Capacidades: 128GB, 256GB, 512GB ou 1TB

Comprar iPhones 14 e 14 Plus de Apple Preço à vista: a partir de R$6.839,10
Preço parcelado: a partir de R$7.599,00 em até 12x
Cores: azul, roxo, amarelo, meia-noite, estelar ou (PRODUCT)RED
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB

Comprar Apple Watch Ultra 2 de Apple Preço à vista: a partir de R$8.729,10
Preço parcelado: a partir de R$9.699,00 em até 12x
Pulseiras: loop Alpina, loop Trail ou Oceano

Comprar Apple Watch SE de Apple Preço à vista: a partir de R$3.059,10
Preço parcelado: a partir de R$3.399,00 em até 12x
Cores: meia-noite, estelar ou prateado
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Conectividade: GPS ou GPS + Celular

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via iMore

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Comercial destaca as câmeras do iPhone 14 Pro

Próx. Post

iPhone 14 Pro tem a melhor câmera frontal do mercado, avalia DXOMARK

Posts Relacionados