O melhor pedaço da Maçã.

Bad Bunny é eleito “Artista do Ano” pelo Apple Music Awards

Bar Bunny artista do ano Apple Music

Desde 2019, a Maçã distribui diversos prêmios para a indústria da música em seu Apple Music Awards. Diversos artistas já foram premiados, como Billie Eilish, The Weeknd, entre outros.

Publicidade

Hoje, a empresa revelou — por enquanto — o vencedor da categoria Artista do Ano de 2022. E o premiado foi… Bad Bunny, principalmente por ter criado o que a Apple considerou como “o maior álbum latino de todos os tempos”.

Diversos grandes artistas lançaram suas músicas em 2022, mas algumas se destacam mais que outras. Com seu álbum Un Verano Sin Ti, Bad Bunny chegou ao topo das paradas e acabou impactando o pop globalmente. Esse é o sexto projeto do artista em quatro anos e foi o álbum mais reproduzido no Apple Music em 2022.

Oliver Schusser, vice-presidente do Apple Music e da Beats, afirmou o quão extraordinário foi ver o artista crescer e chegar a ser o Artista do Ano. Bunny agradeceu e comentou sobre o prêmio:

Quando comecei, não tinha uma base de fãs global. Sou grato por tudo que conquistei e por tudo que vivi. O movimento da música latina cresceu muito. Eu nunca levaria todo o crédito ou diria: “É por minha causa”. Não, é cada um de nós. Toda uma geração. Nossa energia e presença são sempre sentidas. Obrigado ao Apple Music e a todas as pessoas que ouvem minhas músicas todos os dias. Estou super feliz!

Por conta da premiação, o Apple Music agora tem uma nova página dedicada a Bad Bunny. Nela, é compartilhada a sua história de ascensão até chegar ao álbum mais reproduzido de 2022. Por lá, você encontra também um novo vídeo (em espanhol) do artista contando um pouco sobre essa experiência.

Hoje, a rádio Apple Music 1 tocará só as faixas de Bad Bunny durante todo o dia, com uma série de “novos especiais, entrevistas de início de carreira e playlists”. Além disso, especificamente a playlist La Formula teve suas faixas escolhidas por Bunny, que adicionou suas músicas latinas preferidas, incluindo artistas como Myke Towers, Rauw Alejandro, Mora, Jhayco e outras.

Publicidade

O Apple Music conta com um catálogo de mais de 100 milhões de músicas e 30 mil playlists — muitas delas com suporte a Áudio Espacial (Dolby Atmos) e em altíssima definição, com áudio Lossless. Para quem ama música clássica, há um app dedicado com mais de 5 milhões de faixas, tudo em uma interface simplificada! No Brasil, são três tipos de assinatura: Universitária (R$11,90/mês), Individual (R$21,90/mês) e Familiar (R$34,90/mês). Caso você não seja um assinante, pode testar o serviço de forma gratuita por um mês. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Música
Música de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones Compatível com o Apple Vision Pro Compatível com Apple Watches
Versão 2.6.5 (2 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

iOS 16.2 virá com Modo de Acessibilidade Personalizado [atualizado]

Próx. Post

Suíte Affinity é atualizada com novidades em criação e edição

Posts Relacionados