O melhor pedaço da Maçã.

Review: controle Kishi V2, da Razer

Em junho, quando divulgamos o lançamento do novo controle mobile da Razer, o Kishi V2, a única coisa que pensei foi no quanto eu gostaria de testá-lo. Pois bem, após a empresa lançar a versão especificamente para o iPhone — com o conector Lightning —, ela gentilmente nos enviou uma unidade para fazermos o nosso review. E aqui está!

Publicidade

Eu sou fascinada por jogos — principalmente os mais antigos, devo confessar — e já havia testado alguns controles próprios para dispositivos móveis. Entretanto, os que já testei se conectavam por Bluetooth — dentre eles, o Zero da 8BitDo. Portanto, o Kishi V2 foi o primeiro controle que testei com conexão Lightning e a experiência foi realmente ótima.

Unboxing

Não podia deixar de citar, como sempre faço, a embalagem do produto e como ele chega para o consumidor. Em uma caixa de papelão firme — muito bonita, aliás —, o controle vem envolvo em espumas com encaixe perfeito e, abaixo dele, os papéis de manual e certificações.

Design

Muitas características bem-sucedidas da versão anterior, o Kishi V1, foram mantidas, como os joysticks analógicos clicáveis, o design ergonômico, a entrada Lightning para carregar o iPhone na parte inferior e as aberturas para os alto-falantes.

Publicidade

Há, porém, melhorias muito bem-vindas ao Kishi V2. Por exemplo: ele ficou mais compacto e mais leve, também. Enquanto o V1 tem 163 gramas, o V2 tem apenas 123g, o que é ótimo para longas horas de jogatina. O tamanho também ficou ideal e proporcionou conforto — só não posso afirmar que pessoas com mãos maiores teriam a mesma experiência.

Os botões também foram modificados, atualizados para microswitches, com cliques precisos e — devo acrescentar — bastante audíveis ao toque. Os botões X, Y, B e A são menores que na versão anterior do controle e os direcionais agora possuem cliques mecânicos.

Segundo a empresa, esse conjunto de novidades o torna mais responsivo, o que não tive como comparar, pois não testei a outra versão. Entretanto, posso dizer que não houve nenhum delay enquanto eu jogava — principalmente se comparar aos controles sem fio — e os cliques são bem aprazíveis.

Publicidade

No Kishi V2, os botões de função sofreram mudanças e há dois a mais. São eles: um botão dedicado para fazer gravações e capturas de tela (abaixo dos direcionais), um abaixo do joystick direito que leva diretamente ao app Razer Nexus (quando instalado) ou para a tela inicial, e outros dois de função programável (o da direita estava pré-programado como “Menu” nos jogos). Por fim, há novos botões L4 e R4 no topo, perto dos L e R.

Na parte traseira, a textura é corrugada para evitar que o controle escorregue facilmente enquanto você joga. Para evitar que o iPhone fique se movendo ou caia, há borrachas nas extremidades onde ele encaixa que o prendem bem.

Outra boa mudança foi no apoio extensível na traseira. Ele está mais rígido e proporciona um encaixe perfeito e firme ao jogar. Nesta versão, ele tem 17cm, o que permite colocar aparelhos grandes, como o iPhone 14 Pro Max.

Uma questão que vale comentar é o fato de não ser possível utilizar o controle quando o iPhone está com case, sendo necessário tirar a proteção para ter um encaixe perfeito. A empresa afirma ser possível utilizá-lo com algumas capas, incluindo as da Apple, porém o usuário precisa retirar as borrachas da parte inferior para que o aparelho encaixe devidamente — mas ainda não é um cenário ideal.

Publicidade

É claro que a culpa não é do controle, mas tive o infortúnio de tirar a minha capa para conectar meu iPhone XR e ele cair justamente com o lado onde a capa estaria. O resultado foi uma tela rachada (mesmo com película) e a lateral amassada. Vale o cuidado de cada um, mas não podia deixar de citar isso. 😓

Configuração e compatibilidade

O Kishi V2 conta com uma conexão física Lightning, o que o torna bem mais responsivo do que controles que se conectam por Bluetooth, por exemplo. Com certificado MFi (Made for iPhone), ele funciona nos dispositivos da Maçã a partir do iPhone 6s, incluindo todas as gerações do iPhone SE e até com o iPod touch. No meu iPhone XR, o reconhecimento foi instantâneo.

A Apple vem aprimorando cada vez mais o suporte a controles diversos em seus dispositivos. Então, se o aparelho estiver no iOS 16, além de aceitar oficialmente mais controles, há uma área própria em Ajustes » Geral » Controle de Videogame para configurá-los de acordo com os games, ou até remapeá-los.

Assim que o Kishi V2 foi conectado, ele já foi reconhecido e tudo já começou a funcionar, sem precisar mudar nada — apesar de ser possível remapeá-lo e configurar os botões de função.

Por conta dessa facilidade, a compatibilidade dele depende muito mais dos desenvolvedores do que do próprio controle. Para você saber exatamente se o controle funcionará, é preciso ir até a App Store e verificar se existe o selo de “Controle Compatível” — o que, felizmente, é o caso da maioria dos jogos do Apple Arcade.

Como velha nostálgica que sou, adoro um emulador também. E com o Delta, consegui utilizar o controle normalmente para jogar meus games preferidos do Super Nintendo, entre outros.

Além disso, ele também funciona com plataformas de jogos na nuvem, como o Xbox Cloud Gaming, o Steam Link e o PS Remote Play. Aliás, porque os games dessas plataformas são pensados para controles — não exatamente para mobile com touchscreen —, aqui é onde ele pode ser mais aproveitado. Um exemplo são seus joysticks e os gatilhos analógicos, que acabam tendo mais serventia de acordo com os jogos.

Como sempre, vale lembrar que a performance dos jogos na nuvem dependem majoritariamente da conexão e da capacidade do próprio celular em vez de somente da responsividade do controle. Uma vez que esses dois quesitos funcionam sem problemas, o controle cumpre seu papel muito bem.

Aplicativo Razer Nexus


Ícone do app Razer Nexus
Razer Nexusde Razer
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 3.6.0 (114.6 MB)
Requer o iOS 15.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR
Screenshot do app Razer NexusScreenshot do app Razer NexusScreenshot do app Razer Nexus

A Razer também tem o seu aplicativo próprio, que mostra diversos jogos compatíveis da App Store e também permite que você adicione novos, como os do Apple Arcade. Pressionando o botão próprio no controle, você vai diretamente para ele e consegue selecionar rapidamente quais títulos quer jogar — e ver sua lista de seus games jogados recentemente.

No app você também pode atualizar o firmware do controle, modificar os botões de função e se conectar ao YouTube e ao Facebook para realizar transmissões ao vivo.

Aliás, tratando sobre isso, foi muito fácil configurar a transmissão, bastando fazer o login, aceitar os termos de cada plataforma e pronto. Quando quiser transmitir, o controle utiliza o recurso nativo de gravação de tela do iPhone, podendo incluir o áudio do microfone ou não. O próprio controle tem um botão que facilita ainda mais isso: toque uma vez para tirar uma screenshot ou uma vez e segure para iniciar uma gravação da tela.

Vale a pena?

Pois bem, o controle é tão bom que foi difícil devolvê-lo. 😆 Brincadeiras à parte, realmente é uma ótima opção para quem procura um dispositivo do tipo, levando em conta seus benefícios.

Quando o assunto é qualidade, é inegável que a Razer é uma das melhores fabricantes de acessórios do mercado gamer. Assim sendo, o Kishi V2 não é uma exceção à regra. Percebemos que o acabamento, mesmo sendo leve, utiliza materiais premium e encaixa bem nas mãos. Se a decisão de compra se debruça apenas nesse quesito, certamente ele não será uma decepção.

Por outro lado, desembocamos, é claro, no preço. O Kishi V2 para iPhone está sendo vendido por US$100 (há também uma versão USB-C para Android) e poderá chegar por aqui pelo mesmo preço da versão para Android na Amazon, a qual está à venda na Amazon por R$970. Assim sendo, pode ser um preço alto se considerarmos as opções do mercado.

Se o último fator não for um impeditivo para você, certamente ele valerá a pena! 😉

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Filmes da semana: compre “Um Dia Para Morrer”, com Bruce Willis, e vários outros títulos por R$9,90!

Próx. Post

YouTuber compara safira do Apple Watch Ultra com a de outros relógios

Posts Relacionados