O melhor pedaço da Maçã.

Apple Music Sing está chegando para quem curte um karaokê [atualizado]

Apple Music Sing

Se você, assim como eu, ficou contente com a função de acompanhar as letras das músicas no Apple Music, certamente vai adorar a nova experiência karaokê que a Maçã está trazendo para o seu serviço de streaming.

Publicidade

Hoje, a empresa anunciou o Apple Music Sing. Com esse recurso, você poderá cantar suas músicas favoritas não só acompanhando a letra em tempo real, como também ajustando o nível do vocal, para cantar junto do artista ou somente com a música de fundo.

A experiência com as letras do Apple Music é consistentemente um dos recursos mais populares em nosso serviço. Já sabemos que nossos usuários em todo o mundo adoram acompanhar suas músicas favoritas, então queríamos desenvolver ainda mais essa oferta para permitir ainda mais envolvimento com a música por meio do canto. É realmente muito divertido, nossos clientes vão adorar.

Oliver Schusser, vice-presidente do Apple Music e da Beats.

Será mostrado um controle deslizante, que permitirá controlar o volume vocal até o mínimo — mas não o removerá por completo. Além disso, será adicionado uma visualização em dueto caso haja mais do que um artista cantando; isto é, aparecerá cada um em lados opostos, para facilitar o acompanhamento de duetos ou faixas com vários cantores.

O catálogo estará em constante expansão, para abranger as dezenas de milhões de músicas que já estão disponíveis no serviço de streaming da Maçã.

Publicidade

Por fim, o Apple Music também lançará mais de 50 playlists dedicadas, com todas as “músicas épicas, duetos, refrões e hinos que têm atraído pessoas de todo o mundo a cantar”, e todas serão totalmente otimizadas para a nova experiência.

O Apple Music Sing estará disponível ainda este mês para assinantes do Apple Music mundialmente, com exceção da Assinatura Voice, em todos os modelos de iPhone e iPad compatíveis, bem como na nova Apple TV 4K (sim, somente no modelo de terceira geração).

O Apple Music conta com um catálogo de mais de 100 milhões de músicas e 30 mil playlists — muitas delas com suporte a Áudio Espacial (Dolby Atmos) e em altíssima definição, com áudio Lossless. Para quem ama música clássica, há um app dedicado com mais de 5 milhões de faixas, tudo em uma interface simplificada! No Brasil, são três tipos de assinatura: Universitária (R$11,90/mês), Individual (R$21,90/mês) e Familiar (R$34,90/mês). Caso você não seja um assinante, pode testar o serviço de forma gratuita por um mês. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Música
Músicade Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones Compatível com o Apple Vision Pro Compatível com Apple Watches
Versão 2.6.6 (2 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Atualização07/12/2022 às 17:15

Quando a Maçã anunciou o Apple Music Sing, em sua página ela afirmava que o recurso estaria disponível em “todos os modelos compatíveis”, só não especificou ou listou quais. O TechCrunch, porém, nos agraciou com a tal lista, que certamente não agradará a todos os usuários dos dispositivos da Apple.

Publicidade

Para início de conversa, o recurso não estará disponível para Macs e, como a empresa havia especificado, somente a Apple TV 4K de terceira geração será compatível.

Publicidade

Em se tratando de iPhones e iPads, poderão usufruir da função somente aqueles que tiverem o chip A13 ou superior ou um Apple Silicon (M1 ou superior). Assim sendo, temos a lista final:

  • Toda a linha iPhone 11
  • Toda a linha iPhone 12
  • Toda a linha iPhone 13
  • Toda a linha iPhone 14
  • iPhone SE de terceira geração
  • iPad mini de sexta geração
  • iPad de nona geração ou posterior
  • iPad Air de quarta geração ou posterior
  • iPad Pro de 11 polegadas (terceira geração ou posterior)
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (quinta geração ou posterior)

É, amigos, eu e meu iPhone XR ficamos de fora, assim como outros aparelhos (mesmo que recebendo o iOS 16), como o iPhone SE de segunda geração, o iPhone 8 e os iPhones X e XS. 🤷🏽‍♀️

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Readdle atualiza app Documents com novas ações rápidas

Próx. Post

Função de câmera do Google Tradutor é substituída pelo Lens

Posts Relacionados