O melhor pedaço da Maçã.

Adeus, China? MacBooks poderão ser fabricados na Tailândia

MacBook Pro

Já noticiamos anteriormente as intenções da Apple em expandir a fabricação de seus produtos para além da China. Apesar da “relação simbiótica” com o país, problemas envolvendo tensões estratégicas e as perdas com a pandemia estão fazendo a empresa mover parte das suas linhas de produção para nações como Índia e Vietnã.

Publicidade

Além dessas regiões, outro país para onde a Maçã poderá mover a sua produção, especificamente a de MacBooks, é a Tailândia, de acordo com o Nikkei Asia. Apple Watches já são produzidos por lá há cerca de um ano e fornecedoras da companhia ofereceram instalações em território tailandês como alternativa à expansão para o Vietnã. A ideia seria produzir os computadores da Maçã e/ou suas peças.

As fornecedoras já têm fábricas na Tailândia; uma delas, inclusive, está construindo novas unidades de fabricação voltadas para a Apple. Além disso, já teria sido criada uma linha de testes para a montagem de MacBooks, embora a gigante de Cupertino ainda queira ter uma fábrica no Vietnã como segunda opção.

Todavia, como também já comentamos antes, esse processo de transferir a produção de lugar não é nada fácil. O Nikkei ressaltou a questão da falta de mão de obra qualificada para trabalhar nas fábricas — algo que, em se tratando de produtos tão avançados, pode ser um obstáculo sensível. Trabalhadores de países como Camboja e Laos estão sendo recrutados, embora os custos disso também se tornem um desafio.

Publicidade

Fontes do veículo afirmaram que a Apple está realmente buscando alavancar sua capacidade de produção fora da China e que as fornecedoras estariam ajudando-a nesse processo. O representante de uma consultoria, porém, afirmou que apesar dos planos sobre a fabricação na Tailândia, a Maçã não estaria tão entusiasmada com a ideia, preferindo o Vietnã, que é mais próximo da China.

De todo modo, é visível como o chamado “desacoplamento” da China está acontecendo. Em 2018, a Apple tinha 14 fornecedoras no Vietnã; o número aumentou para 25 em 2021. Lá, já são produzidas linhas como AirPods, Apple Watches, MacBooks e iPads — e parece ser uma questão de tempo para que os números de produção em outros países asiáticos que não a China também aumentem.


Comprar MacBooks Pro de 14″ e 16″ de Apple Preço à vista: a partir de R$21.599,10
Preço parcelado: a partir de R$23.999,00 em até 12x
Cores: preto-espacial, cinza-espacial ou prateado
Chips: M3 (CPU de 8 núcleos; GPU de 10 núcleos), M3 Pro (CPU de 11 ou 12 núcleos; GPU de 14 ou 18 núcleos) ou M3 Max (CPU de 14 ou 16 núcleos; GPU de 30 ou 40 núcleos)
Memória: 8GB, 18GB, 36GB, 48GB, 64GB, 96GB ou 128GB
Armazenamento: 512GB, 1TB, 2TB, 4TB ou 8TB
Adaptador de energia: 70W, 96W ou 140W

Comprar MacBooks Air de 13″ e 15″ de Apple Preço à vista: a partir de R$9.899,10
Preço parcelado: a partir de R$10.999,00 em até 12x
Cores: meia-noite, estelar, cinza-espacial ou prateado
Chip: M2 (CPU de 8 núcleos; GPU de 8 ou 10 núcleos) ou M3 (CPU de 8 núcleos; GPU de 8 ou 10 núcleos)
Memória: 8GB, 16GB ou 24GB
Armazenamento: 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB
Adaptador de energia: 30W, 35W (duas portas) ou 70W

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Ming-Chi Kuo reafirma que Apple não lançará novo iPhone SE

Próx. Post

Bing chega ao teclado SwiftKey com busca do ChatGPT

Posts Relacionados