O melhor pedaço da Maçã.

Notion ganha suporte ao português do Brasil

Um dos softwares de gerenciamento de tarefas e lembretes queridinhos do momento, o Notion finalmente ganhou suporte ao português — que era uma demanda antiga da comunidade brasileira da plataforma.

Publicidade

A novidade foi anunciada ontem em uma página de lançamento e também no perfil oficial da plataforma no Twitter. Além do português, que ainda está em fase beta, também foi adicionado suporte ao espanhol — ambos em aplicativos para dispositivos móveis, para desktops e na web.

No Twitter, o Notion deu destaque em especial à sua comunidade brasileira e até mesmo mostrou um pequeno vídeo com alguns dos usuários tupiniquins bastante excitados em anunciar a novidade.

As pessoas que antes não conseguiam usar a plataforma pela barreira linguística poderão acessar e compreender absolutamente tudo na sua própria língua.

O Notion destacou que, por enquanto, só há suporte para o português do Brasil, mas é claro que ficará bem mais fácil também para que usuários portugueses não familiarizados com o inglês compreendam melhor as funcionalidades do app.

Além do próprio aplicativo em si — que ganhou alguns modelos nos novos idiomas —, páginas de suporte com dicas sobre como usar a plataforma também foram traduzidas para português e espanhol.

No desktop e na web, para configurar o novo idioma basta ir em “Configurações e membros” e selecionar o português em “Idioma e região”. No iOS, o app se adequará automaticamente ao idioma do sistema escolhido nos Ajustes.

Obviamente, o software deve estar devidamente atualizado para a versão 1.7.111, que foi lançada no dia 25/4 na App Store.


Ícone do app Notion - notas, tarefas
Notion - notas, tarefas de Notion Labs, Incorporated
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.7.166 (149.4 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Promoções na App Store: GALAXIA, Blend Photos, Hidden Folks e mais!

Próx. Post

Criptomineradores são os malwares mais presentes no Mac, diz estudo

Posts Relacionados