O melhor pedaço da Maçã.

MacBook Air de 15″ passa por teardown; SSD de 256GB continua mais lento

O MacBook Air de 15 polegadas finalmente foi lançado ontem em boa parte do mundo — nós, inclusive, já colocamos as mãos nele — e, como de costume, já começou a ser desmontado a torto e a direito por pessoas curiosas com as mudanças internas promovidas pela Apple, especialmente em comparação ao modelo de 13″.

Publicidade

Um dos primeiros a ter acesso às entranhas do novo notebook da Maçã foi o YouTuber Vadim Yuryev, do canal Max Tech. Como é possível notar no vídeo abaixo, o MacBook Air de 15″, como esperado, é bem parecido com o seu irmão menor por dentro, com apenas algumas pequenas alterações para aproveitar o maior espaço útil.

YouTube video

A mudança mais perceptível fica por conta do conjunto de alto-falantes do notebook, que é bem maior se comparado ao do modelo de 13″. Como explicado no nosso comparativo, o de 15″ traz dois woofers a mais do que seu irmão menor, o que justifica essa alteração.

As baterias também sofreram alguns ajustes. Além de maiores, as células localizadas na parte de baixo do chassi do MacBook Air de 15″ agora contam com um design duplo, enquanto o modelo de 13″ traz apenas uma célula única de cada lado. Elas também estão cercadas por uma série de peças de metal para tornar a construção do notebook mais rígida e estável.

Publicidade

Surpreendentemente, a placa lógica do novo modelo é ligeiramente menor que a do de 13″ — o que provavelmente tem a ver com os alto-falantes extras. Removê-la do chassi, entretanto, continua sendo uma tarefa complicada, uma vez que várias outras peças delicadas precisam ser desmontadas primeiro para abrir caminho pro componente principal.

Por falar na placa lógica, assim como o seu irmão menor, o de 15″ conta com apenas um chip de memória NAND (SSD1Solid-state drive, ou unidade de estado sólido.) na sua versão de 256GB. Em outras palavras, quem escolher a versão de entrada do notebook terá que se contentar com um SSD um pouco mais lento em comparação aos modelos de 512GB, 1TB ou 2TB — mas que ainda será mais do que o suficiente para a grande maioria das pessoas.

Velocidade de leitura do SSD de 256GB em MB/s (maior é melhor): MacBook Air (M1) vs. MacBook Air (M2)

Modelos anteriores, como o MacBook Air (M1) de 13″, por exemplo, usavam dois chips NAND de 128GB em vez de apenas um de 256GB, o que permitia velocidades de leitura e gravação maiores. Além dos dois MacBooks Air com o chip M2, esse “problema” também afeta o MacBook Pro (M2) de 13″ e o Mac mini (M2) com 256GB de armazenamento.


Comprar MacBooks Air de 13″ e 15″ de Apple Preço à vista: a partir de R$11.249,10
Preço parcelado: a partir de R$12.499,00 em até 12x
Cores: meia-noite, estelar, cinza-espacial ou prateado
Chip: M2 (CPU de 8 núcleos; GPU de 10 ou 12 núcleos)
Memória: 8GB, 16GB ou 24GB
Armazenamento: 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB
Adaptador de energia: 30W, 35W (duas portas) ou 70W

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via iClarified

Notas de rodapé

  • 1
    Solid-state drive, ou unidade de estado sólido.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

★ Autodesk Flex oferece versatilidade para usuários ocasionais

Próx. Post

Apple TV+: “Silo” é renovada para a segunda temporada

Posts Relacionados