O melhor pedaço da Maçã.
sdx15 / Shutterstock.com
Threads no iPhone

Threads: tempo de uso da rede já caiu 50% desde o lançamento

Depois do seu lançamento na semana passada, a plataforma Threads, do Instagram, atingiu números bastante impressionantes. Foram 10 milhões de usuários em apenas 7 horas, passando posteriormente dos 100 milhões — algo que a integração e a facilidade de importar os dados do Instagram certamente auxiliou muito!

Publicidade

Todavia, além de atrair usuários, é importante fazer com que eles usem ativamente a plataforma, aumentando o seu engajamento. Apesar de ainda estar em uma fase bastante inicial, o Threads aparenta não estar conseguindo reter tanto as pessoas, já que foi registrada uma queda considerável em sua utilização.

De acordo com a CNBC, dados da consultoria Sensor Tower comprovam essa diminuição no uso da rede. Apesar de o Threads realmente ter “quebrado a internet” de início, o número de usuários ativos na plataforma caiu 20% do último sábado para esta semana, enquanto o tempo gasto na rede por usuário diminuiu em 50%, de 20 para 10 minutos.

Outras informações da Similarweb, obtidas a partir do uso do aplicativo no Android, corroboram essa tendência. Para a empresa, a queda nos usuários ativos diariamente foi de 25% desde o auge, no dia 7/7. O tempo médio passado no Threads por usuários dos Estados Unidos, por sua vez, teria diminuído ainda mais que 50%, passando dos 20 minutos (no dia 6/7) para apenas 8 minutos (em 10/7).

Publicidade

Ainda segundo a firma de pesquisa, o número de usuários ativos (no dia 6/7) era de mais de 49 milhões. No dia 10/7, porém, essa estatística já havia caído para 36 milhões, mostrando a falta de retenção dos muitos usuários que se cadastraram na rede social. Apesar dos 95 milhões de posts e 100 milhões de likes só no primeiro dia, parece haver dificuldades em manter os números.

Vale ressaltar porém que, de certa forma, a própria Meta reconhece a necessidade de trabalhar na manutenção do Threads para que ele se expanda e se consolide. O próprio chefe do Instagram, Adam Mosseri, lembrou que é preciso assegurar que as pessoas continuem querendo usar o app, enquanto um porta-voz disse à CNBC que o foco da empresa é manter a rede estável, criar novos recursos e melhorar a experiência.

Algo interessante é que, segundo a Insider Intelligence, o Threads só precisa de ¼ dos usuários mensais do Instagram para ser tão grande quanto o Twitter — e, como dissemos, a integração com a rede de fotos/vídeos é um dos maiores trunfos da nova plataforma. Além disso, nem tudo está tão ruim assim: a Similarweb disse que a rede da Meta está, sim, capturando parte do tráfego do Twitter, seu mais claro concorrente.

Publicidade

De acordo com a consultoria, a rede do passarinho também estaria com um tráfego 5% menor do que nas semanas anteriores, algo que pode ser creditado ao Threads. Ainda que seja um impacto pequeno, é possível que ele esteja demonstrando o potencial da rede do Instagram, o qual poderá ser melhor explorado com o lançamento de novos recursos no futuro.

Ainda, segundo a Fast Company, propagandas estão recebendo maior engajamento no Threads do que no Twitter. Enquanto no primeiro a taxa média de interação com anúncios foi de 0,45%, no segundo esse número foi de 0,02%. É claro que essa proporção não depende necessariamente do número de usuários, além de ser menor quando há um número maior de pessoas que veem a publicação, mas também pode ser um indício de que anunciantes poderão investir mais no Threads no futuro.

Apesar da inegável semelhança, Mosseri já disse que a nova plataforma não tem o objetivo de substituir o Twitter. Seja verdade ou apenas discurso, é fato que a ideia da empresa é criar uma atmosfera diferente — sem, como já dito, tantas discussões políticas ou notícias. Com a consolidação do modelo e a inclusão de recursos como busca e tópicos do momento, a rede com certeza ficará mais atrativa. Resta saber se os usuários vão engajar.


Ícone do app Threads, an Instagram app
Threads, an Instagram app de Instagram, Inc.
Compatível com iPhones
Versão 320.0 (128.6 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Tap to Pay: Brasil poderá ser o próximo país a receber o recurso [atualizado]

Próx. Post

Prime Day: iPhone 14 foi o eletrônico mais vendido no Brasil

Posts Relacionados