O melhor pedaço da Maçã.

Apple TV+ cancela “Suspicion”, com Uma Thurman, após uma temporada

Quase um ano e meio após a estreia da primeira temporada, a série “Suspicion” foi cancelada pelo Apple TV+. Desde antes de ir ao ar, a produção já enfrentou dificuldades em razão da pandemia, tendo as suas gravações sido interrompidas em 2020 e, alguns meses depois, retomadas.

Publicidade

Apesar de ainda não haver informações oficiais por parte da Apple, o Deadline afirmou que a empresa vendeu os direitos da série para a empresa israelense Keshet International. Tal aquisição — bastante rara para um serviço de streaming — ocorreu em abril deste ano, em meio ao evento MIPTV, em Cannes (França).

Vale lembrar que “Suspicion” era um remake de uma outra série israelense (chamada “False Flag”), a qual teve três temporadas produzidas e lançadas entre 2015 e 2019. A produção original era justamente da Keshet Productions, que é o braço da produtora israelense no Reino Unido, onde a série foi feita.

Estrelada por Uma Thurman (“Kill Bill”), “Suspicion” acompanha a história de quatro ingleses acusados de sequestrar o filho de uma importante magnata da mídia dos Estados Unidos. Eles, então, embarcam em uma corrida desesperada contra o tempo para provar sua inocência. Na série original, o sequestrado foi o filho do ministro da Defesa do Irã, enquanto os suspeitos eram da inteligência de Israel.

Publicidade

Thurman — que apareceu em seis dos oito episódios da série do Apple TV+ —, segundo o Deadline, não apareceria em outras temporadas. O elenco também incluía Kunal Nayyar (“The Big Bang Theory”), Noah Emmerich (“The Americans”), Georgina Campbell (“Black Mirror”), Elyes Gabel (“Scorpion”), Elizabeth Henstridge (“Agentes da S.H.I.E.L.D.”), Tom Rhys-Harries (“White Lines”) e Angel Coulby (“Dancing on the Edge”).

Rob Williams (“O Homem do Castelo Alto”) foi o showrunner e produtor executivo, enquanto Chris Long (“The Americans”) dirigiu os episódios da série. A produção era uma das séries do Apple TV+ de maior sucesso advindas do Reino Unido, junto a “Slow Horses” e “Bad Sisters” (“Mal de Família”).

As duas outras séries britânicas do Apple TV+ ainda seguem em produção, inclusive conseguindo evitar os atrasos em razão das greves que estão ocorrendo nos EUA. No caso da segunda, foi feito um acordo com o sindicato, enquanto as cenas com o ator Gary Oldman, de “Slow Horses”, foram filmadas antes do início da greve.

Publicidade

O Apple TV+ está disponível no app Apple TV em mais de 100 países e regiões, seja em iPhones, iPads, Apple TVs, Macs, smart TVs ou online — além também estar em aparelhos como Roku, Amazon Fire TV, Chromecast com Google TV, consoles PlayStation e Xbox. O serviço custa R$21,90 por mês, com um período de teste gratuito de sete dias. Por tempo limitado, quem comprar e ativar um novo iPhone, iPad, Apple TV, Mac ou iPod touch ganha três meses de Apple TV+. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Apple TV
Apple TVde Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones Compatível com o Apple Vision Pro
Versão 1.8 (790.5 KB)
Requer o iOS 10.2 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Leaker prevê “Apple Watch Series 9” rosa, Ultra mais escuro e novo iPad mini

Próx. Post

Oferta: MacBook Air de 13″ (M2) com 24% de desconto

Posts Relacionados