O melhor pedaço da Maçã.

AirTag é usado para recuperar mais uma bagagem perdida

Depositphotos
Mão masculina segurando um AirTag

Mais um dia, mais um caso de alguém usando um AirTag para recuperar um bem perdido. O episódio da vez aconteceu com a americana Sandra Shuster, que chegou a comprar um voo adicional apenas para ter de volta a sua bagagem — desviada após um erro cometido pela United Airlines.

Publicidade

Como relatado por Shuster à CNN, o voo em questão saiu de Baltimore (Maryland) para Denver (Colorado) — cidade onde ela reside —, com escala no aeroporto de Chicago (Illinois). Seria a viagem de retorno perfeita se não fosse por um “detalhe”: chegando ao destino, sua bagagem simplesmente não estava no local de retirada.

Ao entrar em contato com a United, ela foi informada de que sua mala ainda estava em Chicago e que chegaria em algumas horas. Como isso não aconteceu, ela insistiu com o contato e foi informada que a bagagem ainda estava em Baltimore. Shuster sabia que isso não era verdade, visto que ela havia colocado um AirTag dentro da mala e a localização apontada pelo aplicativo Buscar (Find My) indicava que ela estava mesmo em Chicago.

Como não conseguiu convencer a companhia de que sabia da real localização da sua mala e que precisava urgentemente recuperá-la, ela ignorou as orientações dos funcionários da United para pegar uma indenização — e, quem sabe, ainda ter a bagagem de volta em alguns dias — e usou milhas para comprar uma passagem para Chicago.

Publicidade

Chegando ao aeroporto, ela se dirigiu ao local para retirada e conseguiu recuperar a mala em menos de 30 segundos. O erro aconteceu porque a etiqueta que foi anexada à bagagem de Shuster deveria ser destinada a outro passageiro, o qual tinha Chicago como destino final — o que explica o fato de a mala não ter sido enviada para Denver.

Após recuperar as milhas usadas para o segundo voo e ganhar uma viagem extra como indenização pelo dano sofrido, a mulher lamentou o número crescente de casos envolvendo bagagens extraviadas e classifica o AirTag como “um equipamento único” para auxiliar clientes nesse tipo de situação.

O caso dela, inclusive, é bem semelhante ao que relatamos envolvendo o mágico Danny Orleans, o qual teve que comprar novas passagens para recuperar sua mala, cuja localização foi apontada graças a um AirTag. Curiosamente, a United também foi a companhia aérea responsável por tal “contratempo”.


Comprar AirTag de Apple Preço à vista: a partir de R$332,10
Preço parcelado: a partir de R$369,00 em até 12x
Opções: pacote com 1 ou 4 unidades

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Disney+ limitará compartilhamento de senhas e ficará mais caro

Próx. Post

Família se salva de incêndio com ajuda do SOS de Emergência via satélite

Posts Relacionados