O melhor pedaço da Maçã.
HEY Calendar na App Store

HEY Calendar é aprovado na App Store graças a recurso que não exige login, mas…

Depois de todo o balacobaco da semana passada envolvendo a Apple e (novamente) os desenvolvedores da suíte de apps HEY, a gigante de Cupertino aprovou o novo aplicativo do HEY Calendar, como anunciado pelo coproprietário da 37signals, David Heinemeier Hansson.

Publicidade

Como acompanhamos, a Apple rejeitou o app na semana passada, argumentando que ele não oferecia nenhum recurso se usuários não criassem uma conta — que é a mesma linha de argumento que levou a Apple a rejeitar inicialmente, em 2020, o cliente de email deles.

A Apple aprovou o HEY Calendar!! Já está disponível para download na @appstore. Ridículo que precisou desse nível de conscientização/pressão, mas estou muito feliz por nossa equipe do iOS, que viu seu trabalho durante o fim de semana valer a pena. Obrigado a todos que apoiaram!

Logo após o app ter sido rejeitado, na semana passada, a empresa se esforçou para atualizá-lo e reenviá-lo para melhor atender às diretrizes da Apple. Na segunda-feira (8/1), Hansson disse que a versão revisada do aplicativo permitiria que você visualizasse datas importantes da Apple se você não tivesse uma conta da HEY.

Você vai adorar nossa implementação de “faça ele fazer algo” (e espero que a @appstore também goste!). Se você não possui uma conta HEY, pode usar o calendário para explorar a história da Apple. Veja isso:
.
Essa é essencialmente uma versão digital do Calendário Histórico da Apple de 2024, que arrecadou mais de US$40.000 no Kickstarter. A Apple tem uma história rica que muitas pessoas desejam reviver e estamos oferecendo isso a eles no lindo aplicativo HEY Calendar. De graça!

Agradou a Apple, mas desagradou outros?

Como revelado por Hansson nos tweets acima, o calendário com as datas importantes da Apple pode ser acessado sem um login no app e foi inspirado em uma campanha do Kickstarter para um calendário físico da história da Apple.

Publicidade

Ainda que a história da companhia não seja secreta, a ideia de colocá-la em um calendário não é exatamente inédita e incomodou Stephen Hackett, do 512pixels, que foi responsável pelo referido calendário físico.

Para ser claro, a partir dessas capturas de tela, não parece que a HEY tenha roubado meu trabalho ou pesquisa direta, e só descobri isso depois que alguém me enviou um link para os tweets do DHH.

É uma verdadeira chatice sentir que fui enganado por uma empresa muito maior, vendo-os lançar algo em que trabalhei duro como um recurso gratuito em seu aplicativo. Há alguma ironia aí.

Fato é que, com a aprovação do HEY Calendar nesta terça-feira, Hansson agradeceu Hackett por inspirar o calendário da história da Apple, afirmando que não utilizou nenhuma pesquisa ou dados dele.

A Apple, é claro, não comentou as alegações de inconsistências nas suas diretrizes de revisão de apps. Não obstante, aos interessados, agora é possível baixar gratuitamente o HEY Calendar na App Store.


Ícone do app HEY Calendar
HEY Calendar de Basecamp, LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.7.1 (57.1 MB)
Requer o iOS 16.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

via The Verge

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Fones da Sennheiser monitoram frequência cardíaca e temperatura do usuário

Próx. Post

Apple TV+ recebe 9 indicações aos Art Directors Guild Awards

Posts Relacionados