O melhor pedaço da Maçã.

Apple TV+ corta 8 funcionários do seu setor de conteúdos infantis

O Apple TV+ enfrentou uma pequena rodada de demissões, já que oito pessoas que trabalhavam com conteúdos infantis foram demitidas nesta terça-feira, conforme informações do Deadline.

Publicidade

Os cortes aconteceram em setores como música, produção e desenvolvimento de conteúdos infantis. É provável que as demissões tenham ocorrido em decorrência do fim da parceria entre a Apple e a Skydance Animation, em outubro passado.

Apesar do fim dessa parceria, a Apple está investindo em seu próprio acervo de filmes de animação, começando com o longa-metragem original de Peanuts sob o contrato de longo prazo com a WildBrain.

Também de acordo com o Deadline, o número de funcionários afetados é uma pequena fração do quadro geral de colaboradores na área e que as demissões “fazem parte dos planos em evolução da Apple”, segundo uma fonte ouvida pela reportagem.

Publicidade

O Apple TV+ está disponível no app Apple TV em mais de 100 países e regiões, seja em iPhones, iPads, Apple TVs, Macs, smart TVs ou online — além também estar em aparelhos como Roku, Amazon Fire TV, Chromecast com Google TV, consoles PlayStation e Xbox. O serviço custa R$21,90 por mês, com um período de teste gratuito de sete dias. Por tempo limitado, quem comprar e ativar um novo iPhone, iPad, Apple TV, Mac ou iPod touch ganha três meses de Apple TV+. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Apple TV
Apple TVde Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones Compatível com o Apple Vision Pro
Versão 1.8 (790.5 KB)
Requer o iOS 10.2 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Bateria do iPhone 15 Pro perde para as de antecessores em teste do DXOMARK

Próx. Post

Firefox agora permite criar e acessar Chaves-senha do iCloud no Mac

Posts Relacionados