O melhor pedaço da Maçã.

Diretor explica futura interoperabilidade do WhatsApp com outros mensageiros

photosince / Shutterstock.com
Update do WhatsApp

Já sabemos há algum tempo que o WhatsApp está trabalhando em uma forma de tornar o seu serviço interoperável com outros mensageiros. Essa iniciativa, é claro, foi motivada Lei dos Mercados Digitais (Digital Markets Act, ou DMA), da União Europeia, que classificou o aplicativo da Meta como gatekeeper por conta da sua ampla base de usuários no Velho Continente.

Publicidade

Pois bem, depois de alguns detalhes sobre essa interoperabilidade pintarem em uma versão beta do WhatsApp, o diretor de engenharia do mensageiro, Dick Brouwer, decidiu compartilhar mais algumas informações sobre essa transição em uma entrevista concedida recentemente à WIRED. Segundo o veículo, a equipe do WhatsApp estaria trabalhado nesse recurso há cerca de dois anos, o que significa que ele só foi parcialmente motivado pela DMA.

Para início de conversa, de acordo com Brouwer, para que um mensageiro de terceiro possa funcionar com o WhatsApp, ele precisa, necessariamente, contar com criptografia de ponta a ponta e se conectar aos servidores do serviço. A Meta também prefere que outros desenvolvedores utilizem o protocolo Signal para proteger as mensagens, mas disse que aceitará outros protocolos caso eles sejam mais ou tão seguros quanto a sua solução favorita.

Brouwer também ressaltou que os usuários do WhatsApp só receberão mensagens de outros apps caso optem por isso; do contrário, tudo continuará como está. Essas conversas, como comentamos anteriormente, também ficarão em uma outra seção do app, separadas dos chats tradicionais.

Desenvolvedores interessados em tornar os seus apps compatíveis com o mensageiro da Meta terão que assinar um contrato com a empresa, o qual ganhará mais detalhes em março — que é quando as regras da UE começarão a valer.

Além disso, a interoperabilidade só será compatível com o envio de mensagens de texto, voz, imagens, vídeos e arquivos entre duas pessoas; conversas em grupo e chamadas de voz/vídeo só deverão passar a ser suportadas por essa interoperabilidade nos próximos anos.

Há uma tensão real entre fornecer uma maneira fácil de oferecer essa interoperabilidade a terceiros e, ao mesmo tempo, preservar os de níveis privacidade, a segurança e a integridade do WhatsApp. Acho que estamos muito felizes com onde conseguimos chegar.

Ainda segundo a WIRED, a Meta deverá compartilhar os detalhes completos dessas mudanças (que também se aplicam ao Messenger) no mês que vem. A partir daí, a empresa terá vários meses para implementá-las.


Ícone do app WhatsApp Messenger
WhatsApp Messenger de WhatsApp Inc.
Compatível com MacsCompatível com iPhones
Versão 24.4.78 (207.8 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Beta do visionOS 1.1 melhora Persona e traz Verificação da Chave no iMessage

Próx. Post

Cracker invade sistema da Apple, rouba-a e é… agradecido pela empresa

Posts Relacionados