O melhor pedaço da Maçã.
Karlis Dambrans / Shutterstock.comm
Tela de seleção do navegador padrão no iOS 17.4

Downloads do Brave, Firefox e Vivaldi cresceram no iOS após a DMA

Com o iOS 17.4, as mudanças motivadas pela Lei dos Mercados Digitais (Digital Markets Act, ou DMA), da União Europeia, foram finalmente implementadas nos países do bloco. Entre elas, está a exibição de uma nova tela, ao abrir o Safari pela primeira vez, para escolher o navegador padrão a partir de uma lista predefinida. Além disso, desenvolvedores têm a possibilidade de usar outros motores que não o WebKit, da Apple.

Publicidade

As transformações ainda são recentes, mas já estão produzindo resultados. Os navegadores Brave, Firefox e Vivaldi observaram um crescimento nos seus números de downloads no iOS após a alteração no Safari. Na Alemanha, por exemplo, a base de usuários do browser da Mozilla cresceu mais de 50%, número que ficou perto de 30% na França.

Com o Brave, por sua vez, o número diário de instalações subiu de cerca de 8 mil para 11 mil na UE poucos dias após a liberação do iOS 17.4.

Por que a Apple e o Google dificultaram tanto a troca de navegador padrão por tantos anos?
Porque é uma forma poderosa de bloquear concorrentes.
Olhem só para o que aconteceu com as instalações do Brave no iPhone na União Europeia quando a Apple liberou uma nova tela de escolha de navegador padrão no dia 6 de março.

Já o Vivaldi afirmou que a intervenção da UE foi útil, embora tenha visto um crescimento mais modesto, de modo que a empresa espera que mais pressão seja aplicada sobre os chamados gatekeepers, como a Apple.

Publicidade

Conforme destacado pelo The Register, as três empresas não apenas ressaltaram a importância da DMA para combater condutas monopolistas, como também criticaram a Apple e o Google por não estarem fazendo o suficiente. Representantes do Brave e da Mozilla, por exemplo, destacaram a incapacidade de manter os navegadores funcionando com dois motores ao mesmo tempo — algo que pode ser necessário, já que o WebKit continua sendo exigido nos navegadores para iOS fora da UE.

A Mozilla disse, ainda, que o cumprimento da DMA por parte da Apple está em um nível menor que o ideal e que a empresa ainda estaria criando barreiras para impedir uma concorrência verdadeira entre navegadores no iOS. Jon von Tetzchner, CEO 1Chief executive officer, ou diretor executivo. do Vivaldi, por sua vez, reconheceu que houve mudanças, embora nada “massivas”.

O executivo citou questões como a necessidade de abrir o Safari para ver a tela de escolha do navegador padrão, além de a lista de opções não incluir o navegador escolhido pelo usuário como preferido, caso ele o tenha feito. Ele também criticou a falta de contato direto com a Apple; a empresa já disse à Comissão Europeia que ninguém deseja falar com representantes da companhia, algo contestado pelo chefão do Vivaldi.

Ainda segundo o The Register, tanto a Maçã quanto o Google e a Microsoft têm reuniões marcadas com funcionários da UE nas próximas duas semanas. Assim como a gigante de Cupertino voltou atrás da sua decisão sobre web apps, é possível que novas mudanças sejam feitas após esse diálogo com o bloco.


Ícone do app Brave Navegador Web: VPN, IA
Brave Navegador Web: VPN, IA de Brave Software
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.65 (225.5 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Firefox: Private, Safe Browser
Firefox: Private, Safe Browser de Mozilla
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 126.1 (149.5 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Vivaldi Navegador Web poderoso
Vivaldi Navegador Web poderoso de Vivaldi Technologies
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 6.7.3335.57 (200.9 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Notas de rodapé

  • 1
    Chief executive officer, ou diretor executivo.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Google Chrome ganha proteção contra sites maliciosos em tempo real

Próx. Post

Apple adquire startup que cria sistemas de IA menores e mais rápidos

Posts Relacionados