O melhor pedaço da Maçã.

Apple estaria limitando desenvolvimento de browsers com motores de terceiros

Karlis Dambrans / Shutterstock.comm
Tela de seleção do navegador padrão no iOS 17.4

Desenvolvedores de fora da União Europeia (UE) têm enfrentado dificuldades na construção de apps — navegadores, mais precisamente — para iOS. Segundo o The Register, a Apple estaria permitindo os testes de browsers com motores de terceiros somente em dispositivos localizados fisicamente nos países do bloco.

Publicidade

Diante dessa restrição, os desenvolvedores que não estão na região precisam recorrer a simuladores em vez de testarem os apps em dispositivos reais — complicando o desenvolvimento e o suporte a esses navegadores.

Como estamos “carecas de saber”, a política de longa data da Maçã obrigava todos os navegadores, tanto do iOS quanto do iPadOS, a usarem o framework WebKit, fazendo com que eles fossem verdadeiras variações do Safari.

No entanto, a Lei dos Mercados Digitais (Digital Markets Act, ou DMA) enquadrou ambos os sistemas operacionais como gatekeepers na UE, obrigando a empresa a permitir motores de navegador de terceiros, com o lançamento do iOS 17.4.

Publicidade

Apesar disso, a regra de delimitação geográfica (geofencing) para testes em dispositivos traz obstáculos para desenvolvedores de todo o mundo, principalmente na resolução de problemas de segurança e na implementação de atualizações.

Para a reportagem, alguns desenvolvedores expressaram preocupações de que as condições da Apple — que não são poucas — tornem difícil garantir que seus navegadores permaneçam competitivos e seguros.

Vale lembrar que, recentemente, a Comissão Europeia decidiu investigar a conformidade da Apple em relação à DMA, apurando se as decisões tomadas pela empresa seriam para minar a intenção da legislação e dificultar uma competição justa.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Status do WhatsApp ganham novidades e poderão ter vídeos de até 1 minuto

Próx. Post

Western Digital lança os primeiros HDDs de 2,5″ com 6TB do mundo

Posts Relacionados