O melhor pedaço da Maçã.

visionOS 2 converterá fotos 2D para 3D, terá display virtual do Mac melhorado e mais!

visionOS 2

Abrindo a WWDC24, a Apple anunciou novidades com relação ao seu sistema mais novo, o visionOS, que está indo para a sua segunda geração. De acordo com a Maçã, a versão trará novas formas de se conectar com memórias e terá melhorias em produtividade.

Publicidade

A principal novidade está no app Fotos (Photos), segundo a empresa. Com o visionOS 2, a Apple promete transformar fotos em 2D em experiências únicas em 3D. Desta forma, usuários poderão visualizar essas lembranças com perspectiva.

E para quem gosta de ver fotografias com outras pessoas, o sistema permitirá que usar o SharePlay. Usando as Spatial Personas, será possível compartilhar esses momentos como se as pessoas estivessem no mesmo quarto.

Ainda no visionOS 2, ficará mais fácil abrir a grade de aplicativos, segundo a Maçã. Basta levantar a mão e, com ela virada para cima, fazer o gesto em pinça. Para a ver a hora e o nível da bateria, contudo, basta levantar a mão e virá-la para baixo.

Se você tem um Vision Pro e já usou no avião para assistir a algum filme em uma verdadeira telona, a Apple também anunciou a expansão do suporte do Modo Viagem (Travel Mode) para viagens feitas em trens.

O Mac Virtual Display agora suporta resolução mais alta e tamanhos maiores (ultra-wide), equivalentes a dois monitores 4K lado a lado. Segundo a Apple, isso aumenta a produtividade e oferece um ambiente de trabalho mais imersivo e expansivo.

A gigante de Cupertino está lançando novas APIs para que desenvolvedores criem aplicativos 3D mais eficientes. Entre elas, o TabletopKit permitirá o desenvolvimento de jogos e aplicativos que interagem com superfícies físicas, como mesas.

Além disso, a Maçã está disponibilizando APIs empresariais que ajudarão empresas a desenvolver aplicativos específicos para o Apple Vision Pro, otimizados para uso corporativo e profissional.

Publicidade

Para facilitar a criação de vídeos espaciais, a Apple anunciou novos workflows. A Canon lançará uma lente especial para câmeras mirrorless acessíveis, permitindo a captura de vídeos espaciais sem o Vision Pro, simplificando a criação de conteúdos.

Entre os pormenores que não foram apresentados na keynote de abertura, a Maçã trouxe o suporte para mouses e a possibilidade de os usuários personalizarem a Home View, organizando aplicativos para incluir também apps de iPhones e iPads.

Publicidade

Quando lançado, o novo sistema também trará os seguintes recursos:

  • O Modo Convidado (Guest User) armazenará dados de olhos e mão por 30 dias, facilitando o compartilhamento do dispositivo.
  • A integração com HealthKit abre novas oportunidades para desenvolvedores de aplicativos de saúde e fitness.
  • O Safari agora suporta vídeos imersivos em plataformas como YouTube, Netflix e Amazon, com fotos panorâmicas proporcionando uma melhor experiência.
  • O aplicativo Apple TV suporta multiview, permitindo até cinco streams esportivos simultâneos.
  • O aplicativo Atenção Plena (Mindfulness) introduz “Follow Your Breathing”, com animações e sons que respondem à respiração do usuário.
  • Legendas ao vivo (Live Captions) em todo o sistema ajudam usuários surdos ou com deficiência auditiva a acompanhar diálogos e áudios de aplicativos.
  • O suporte ao AirPlay permite a visualização de conteúdo no Vision Pro a partir de outros dispositivos da Maçã.
  • O teclado agora possui suporte aos seguintes idiomas: cantonês tradicional, chinês simplificado, inglês (Austrália), inglês (Canadá), inglês (Japão), inglês (Singapura), inglês (Reino Unido), francês (Canadá), francês (França), alemão (Alemanha), japonês e coreano.

A expectativa é que, após o período de testes, a Maçã lance as novas versões do macOS 15, do iOS 18, do iPadOS 18 e do tvOS 18 entre setembro e outubro próximos, junto ao visionOS 2, para melhorar a experiência do usuário em todo o ecossistema.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

iPhone dobrável poderá ter tela dobrada “para fora”, diz Jeff Pu

Próx. Post

Apple Vision Pro começará a ser vendido na China, Austrália, França e em mais países

Posts Relacionados