O melhor pedaço da Maçã.

iOS 18: Apple Pay funcionará em mais navegadores, sugestão na busca dos Ajustes e mais!

Desde a apresentação do iOS 18 e dos demais sistemas operacionais da Apple na WWDC24, cada vez mais mudanças vêm sendo descobertas. Isso inclui recursos de gravação e transcrição de chamadas, mudanças nos Ajustes (Settings) e um aviso sobre carregadores lentos.

Publicidade

Temos, agora, mais novidades descobertas na primeira beta do sistema, que vão desde pequenas mudanças e redesigns a recursos completamente novos.

Vamos conferir?

Apple Pay em outros navegadores

O Apple Pay passará, com o iOS 18, a funcionar em qualquer navegador — até mesmo no Windows —, como revelado pelo MacRumors. Com um novo sistema, sites que implementarem a versão mais recente da carteira digital da Maçã para a web poderão aproveitar a novidade.

Na hora de realizar o pagamento de um compra em um site com o Apple Pay em um navegador que não seja o Safari, um código será exibido e deverá ser escaneado no iPhone (com o iOS 18 ou posterior). Com isso, o processo de compra poderá ser concluído no aparelho, como detalhado em uma sessão da WWDC24.

Ainda deverá levar algum tempo até que os desenvolvedores de sites adotem a versão mais recente do Apple Pay e, assim, que o sistema esteja disponível em outros navegadores. Até então, pagamentos com a carteira digital no desktop estavam limitados ao Safari e em um Mac, de modo que a novidade representa uma expansão importante.

Download permanente nos Arquivos

Vista pelo 9to5Mac, no aplicativo Arquivos (Files) será adicionada uma opção para manter baixados arquivos e pastas armazenados no iCloud Drive. O botão será acrescentado ao menu exibido ao pressionar sobre um documento no app. Ao selecioná-lo, as informações serão mantidas no iPhone ou no iPad permanentemente, além de estarem na nuvem.

Atualmente, há apenas a opção de baixar arquivos no momento. Com o tempo, porém, o app gerencia os downloads de forma automática e termina removendo alguns deles após um período sem que eles sejam abertos, muitas vezes sem que o usuário sequer perceba. Com a novidade, então, será possível garantir que os dados sejam mantidos nos dispositivos para serem acessados mesmo sem conexão.

Nova interface de permissão do Bluetooth

O alerta de permissão para que apps encontrem e se emparelhem com dispositivos Bluetooth na rede também foi modificado, como notado no Reddit. Será exibida a quantidade de aparelhos conectados e os nomes de alguns deles, bem como uma mensagem curta afirmando que informações oriundas dos acessórios podem ser usadas para determinar a localização e criar um perfil do usuário.

Idioma, entrada e IA

O iOS 18 finalmente ganhará o recurso de teclados multi-idiomas. Ou seja, será possível digitar em diferentes línguas sem precisar alternar entre teclados, o que exigirá otimização do sistema para um bom funcionamento, em especial da correção automática.

O Texto ao Vivo (Live Text) ganhará suporte a árabe, enquanto as previsões em linha passarão a funcionar em francês e espanhol (está chegando perto do português! 😜). No app Traduzir (Translate), o hindi foi adicionado como opção de idioma.

Além disso, haverá controles do Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM, na sigla em inglês) para desativar recursos de inteligência artificial, como o ChatGPT e as Math Notes.

Gravador e Calendário

O Gravador (Voice Memos) ganhará uma novidade pequena, mas que deverá aumentar a qualidade dos seus resultados: gravação em estéreo. A opção poderá ser ativada/desativada nos Ajustes.

No app Calendário (Calendar) haverá, como também visto no Reddit, um novo gesto de pinça na visão dos meses. Com isso, o espaço no qual os compromissos de cada dia são exibidos será expandido ou reduzido, de modo a conseguir ver tudo mais facilmente.

Spotlight com busca natural

Como notado pelo TechCrunch, o Spotlight receberá melhorias no que tange à busca natural/semântica em apps de terceiros. A ideia é facilitar a descoberta de conteúdos, inclusive com a inserção e termos similares e sinônimos dos buscados, e não apenas exatamente as mesmas palavras, como ocorre atualmente.

Com o Core Spotlight, desenvolvedores poderão incluir mais conteúdo ao que eles querem que possa ser buscado. Essas informações ficarão armazenadas em um índice privado nos dispositivos dos usuários, o qual não poderá ser acessado por outros apps.

Ao utilizar essas capacidades semânticas, o entendimento do Spotlight do conteúdo dos apps será melhorado, permitindo que os usuários pesquisem por informações dentro dos apps de uma forma mais flexível e com maior probabilidade de encontrarem o que desejam.

Esses tipos de busca usarão modelos de aprendizagem de máquina, os quais serão baixados no dispositivo e rodarão no processo do app. À medida que o Spotlight for usado, os desenvolvedores poderão ajudar a melhorar o posicionamento dos resultados de buscas referentes aos seus apps com o tempo, enviando sinais quando um usuário engajar com um dos resultados.

Desenvolvedores também poderão definir diferentes níveis de prioridade para parte do conteúdo. Com isso, será possível fazer itens, por exemplo, marcados como favoritos pelo usuário em um app aparecerem primeiro nos resultados. As pessoas, então, poderão encontrar o que desejam mais facilmente, já sendo direcionadas ao que querem dentro dos respectivos apps.

Novas opções para hubs no Casa

Conforme observado pelo 9to5Mac em um tópico do HomeKit no Reddit, o aplicativo Casa (Home) no iOS 18 terá uma nova opção para definir um “hub doméstico preferencial”, o qual permitirá escolher entre Apple TVs e HomePods conectados ao HomeKit.

O dispositivo escolhido será usado para controlar remotamente outros acessórios de uma casa — e só utilizará outro dispositivo se o principal estiver por acaso indisponível.


O que acharam da leva de novidades mais recente?

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Promoções na App Store: Gordon and Li Li Learn Animals, Little Big Workshop, Fourby e mais!

Próx. Post

O que fazer antes de vender ou doar o Apple Pencil Pro

Posts Relacionados