Para iPad: jogo Risks of War requer estratégia para dominar territórios

Com objetivo de dominar os territórios do Egito, da Grécia e da Babilônia, Risks of War é um jogo de estratégia bem similar aos combates de tabuleiro.

Risks of War - iPadRisks of War - iPad

Quem era fã de War e passava horas tentando destruir o império dos seus adversários vai querer conhecer esse novo desafio que possui três fases até chegar à vitória: espalhar novos exércitos, atacar os oponentes e fortalecer o reinado. Para isso primeiro você precisa dominar a área do Egito para depois conquistar a Grécia e a Babilônia, respectivamente.

Disponível para iPad por US$2, Risks of War possui um layout simples e mesmo com idioma somente em inglês é de fácil compreensão para quem quer traçar um plano e dominar todos os territórios do mapa. Apesar dos inúmeros desafios, o game — que foi desenvolvido pela Agivis — dispõe de poucos recursos e já conta com vários dispositivos semelhantes.


Desculpe, app não encontrado.

Promoção-relâmpago: concorra a 5 promo codes do jogo!

Mais uma vez, vamos brincar um pouquinho — valorizando os que de fato leem o artigo. 😉

Ganharão códigos promocionais do jogo Risks of War os 5 primeiros seguidores do @MacMagazine que derem RT no nosso tweet sobre este post — só que no estilo antigo de RT, adicionando na frente da mensagem qual é o nome da sua desenvolvedora.

Exemplo:

War RT @MacMagazine: Para iPad: jogo Risks of War requer estratégia para dominar territórios • http://mcmgz.in/eqz

Atenção: se você for um dos ganhadores *não* apague o tweet após o término da promoção, ou você poderá ser banido. Caso você seja um deles e não saiba como resgatar o seu promo code, confira nossa vídeo-aula explicativa.

Boa sorte! 😉

Se houver algum erro no post acima, selecione-o e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos notificar. Obrigado!

Sobre o Autor

Nasceu em Salvador e, como a maioria das baianas, é apaixonada pelo sol. Em 2011, com 26 anos, resolveu se aventurar em São Paulo com graduação em Jornalismo pela Unijorge, especialização em Gramática e Texto pela UNIFACS, o namorado e um MacBook. De lá pra cá driblou o tempo e entrou na ECA/USP como aluna especial do mestrado e na PUC com especialização em Estéticas Tecnológicas. Acredita que seu iPhone e seu iPad tornaram-se extensão do corpo e resolveu escrever mais sobre essa nova experiência.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.