O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Psystar lança clone do Apple Xserve

Aproveitando a deixa da Apple, a Psystar começa a se intitular como a “única [outra] companhia que vende sistemas baseados no Mac OS X” e anunciou ainda ontem dois modelos de computadores no estilo da linha Xserve, ambos rodando o Mac OS X Leopard Server.

Publicidade

O OpenServ 1100 é um servidor 1U, enquanto o OpenServ 2400 é 2U. Ambos podem rodar as versões para 10 clientes ou clientes ilimitados do OS X, mas oferecem processadores Xeon de 2.5GHz e opções variadas de armazenamento ainda não ofertadas pela Apple, incluindo a própria construção do 2400, que possui 6 baias para discos-rígidos e um drive floppy.

Psystar OpenServ 1100

Psystar OpenServ 1100

Ao contrário dos Xserves, também, os usuários podem optar pela versão cliente do Mac OS X Leopard, o que reduz bastante o custo das máquinas.

Publicidade

O anúncio consolida ainda mais a Psystar com uma empresa que realmente chegou para iniciar uma nova era de “clones da Apple não-oficiais”. Apesar de utilizar hacks de terceiros para emular o firmware de Macs e, teoricamente, estar violando os termos de serviço do Mac OS X, a Apple ainda não tomou nenhuma atitude contra a companhia, desde o seu surgimento, em abril.

A Psystar em si garante a sua atuação, afirmando que a Apple estaria violando leis anti-truste caso banisse outras fabricantes de hardware de usarem o seu sistema operacional. Desta maneira, a companhia acredita não estar quebrando nenhuma regra.

Psystar OpenServ 2400

Psystar OpenServ 2400

Em suas configurações originais, o OpenServ 1100 e o OpenServ 2400 possuem preços sugeridos de, respectivamente, US$1.600 e US$2.000.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Seagate quer fabricar apenas HDs de 2,5"

Próximo Artigo

Google procura novos funcionários na América Latina a partir de vídeos criativos

Posts Relacionados