O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

De graça, até injeção na testa! V

Há muito tempo (um mês e meio, pra ser mais exato) que eu não via o pessoal da iTunes Store tão “bonzinho”. Hoje eles não só disponibilizaram 3 músicas, como também as escolheram a dedo. Eu não usei o preview de 30 segundo em nenhuma delas — emoções radicais! — e, sinceramente, não me arrependo, pois as surpresas foram magníficas. Verdade seja dita, os “inimigos do pop” vão odiar a seleção, mas mesmo estes ainda podem encontrar um pouco de graça na maravilhosa faixa country que… bem, não estragarei a surpresa!

Publicidade

Vamos às músicas, pois! 🙂

Toda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até vocês, gratuitamente, como nosso Single of the Week. Esta é uma das nossas faixas favoritas do CD de estréia da banda Black Kids, Partie Traumatic, um álbum transbordando de pop dançante neo-wave. “I’m Not Gonna Teach Your Boyfriend How to Dance With You” é uma mistura sintética e infectante de indie-pop com melodias borbulhantes e gritos no estilo Go! Team.

Esta música é o tipo de coisa que só dá pra apreciar com o cérebro no automático. Black Kids não é exatamente o tipo de banda que se deve levar a sério (detalhe na capa do álbum abaixo…), portanto não se espante se o som deles provocar reações adversas.

Orelhas?! "LOL" misturado com "WTF?!"

No geral, com seu título de poema barroco, “I’m Not Gonna Teach Your Boyfriend How to Dance With You” (link para a iTunes) é bem legalzinha e até avançada, para uma faixa grátis de banda estreante. Com o encéfalo pouco oxigenado, ela chega a ser boa de verdade! Uma peculiaridade: o título é tão longo que os pivetes nunca cantam a coisa inteira. 😛 IMHO: 3/5 Eu recomendo selecionar Skip when shuffling, para esta “magavilha” não queimar seu filme acidentalmente.

É uma pena The Lost Trailers não ter lançado “Holler Back” há alguns meses. Não fosse por isso, ela poderia muito bem ter se tornado uma forte candidata a single do verão. Abrindo com uma rabeca vigorosa e versos falados cheios de humor, esta preciosidade do country moderno segue um crescendo até o refrão, que não só tem um back vocal preciso, como também pede e responde gritos animados. Então dê uma ouvida em “Holler Back” e prolongue seu verão — pelo menos em espírito!

Estou sem palavras. Eu procurei, procurei, realmente fui atrás de alguma coisa para criticar em “Holler Back” (link para a iTunes), mas falhei miseravelmente. A melodia é pra cima, elaborada, as batidas têm a força certa, é quase impossível ouvir esta música e ficar quieto, sem responder com o coro, a letra faz uma referência bem humorada ao meu “querido” P. Diddy… Enfim, de todas as músicas country que eu já ouvi, “Holler Back” é, de longe uma das melhores — especialmente por não ser deprimente. Recomendadíssima! É com orgulho que, pela primeira vez em cinco semanas, eu dou nota máxima para uma música. IMHO: 5/5 Esta, nem precisava ser de graça! 😀 

Toda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está a um passo do sucesso e a trazemos até vocês, gratuitamente, como nossa Canción Gratis de la Semana. A sensação pop adolescente chilena Kudai põe os EUA em sua mira, no seu terceiro álbum gravado em estúdio, Nadha, primeiro a ser lançado nos Estados Unidos. A canção “Lejos de Aquí” é uma faixa pop cheia de tons eletrônicos e vocais aéreos, sua letra focada no aquecimento global, para nos lembrar de que devemos ter responsabilidade por nossas ações que causem impacto às gerações futuras.

Todo mundo quer ordenhar a vaca do aquecimento global, né?… Bem, deixando a política de lado e focando na música, “Lejos de Aquí” (link para a iTunes) tem ares de “We Are the World”. Ao ouvir, você vai perceber que eles tentaram — e muito! — arrancar alguma lágrima da audiência, mas só conseguiram me fazer rir e balançar a cabeça em desaprovação. Humpf… No fim das contas, não é ruim, mas não é boa. Consola-me o fato de eles ainda serem jovens e terem tempo de sobra para melhorar. Um comentário final: a capa do CD ficou muito boa, melhor do que a de muita gente grande por aí. IMHO: 2/5 Bandas não devem forçar a barra, quando falam de filantropia ou posicionamento político, pois o tiro pode sair pela culatra.

Agora, meu caro leitor, oremos: tomara que não haja nenhuma compensação cármica, na semana que vem. Até lá! 😉

Caso você ainda não seja cadastrado na iTS americana, recomendo a leitura deste post.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Chegou o Adium 1.3! [atualizado]

Próximo Artigo

Leitor traz informações sobre o espaço Apple das Lojas Colombo em Floripa

Posts Relacionados