Entenda os problemas de Wi-Fi que ocorreram na keynote da WWDC 2010, na semana passada

Ícone do Utilitário AirPort

Ícone do AirPortQuem acompanhou a nossa cobertura ao vivo da keynote de abertura da WWDC 2010, na semana passada, deve lembrar que Steve Jobs enfrentou um chato problema de conectividade Wi-Fi com seus iPhones enquanto demonstrava as diferenças entre o display “Retina” do iPhone 4 e o atual do iPhone 3GS.

Publicidade

Na ocasião, depois de inclusive insistir na demonstração com duas unidades de backup, Jobs pediu que os presentes no auditório do Moscone West colaborassem e desligassem suas bases Wi-Fi. E o problema foi exatamente esse, segundo explicou Glenn Fleishman num artigo para o blog Future Tense: durante a apresentação, havia mais de 500(!) bases MiFi e dispositivos 3G ligados por lá, gerando um sem-número de sinais sem fio que inevitavelmente culminaram em interferências e sobrecarregamento da rede do espaço.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bmZkrdhOjeQ[/youtube]

Publicidade

Os protocolos Wi-Fi mais modernos já possuem tecnologias e recursos para evitar interferências, mas evidentemente que nunca ninguém imaginou lidar com isso num “pequeno” auditório com essa magnitude de gadgets ligados ao mesmo tempo. Deu no que deu.

Fleishman (quase um xará meu, hehe) explica que o que ocorreu no Moscone foi um círculo vicioso: a rede aberta Wi-Fi do centro de convenções não estava muito estável e nem suportando tantas conexões, o que obrigou os participantes a criarem suas próprias sub-redes com o uso de MiFis. Daí a sobrecarga do local e um prejuízo geral para todos; felizmente, Jobs arrumou um jeito de continuar sua demonstração sem o uso de Wi-Fi.

Para a próxima WWDC, quem sabe seja uma boa ideia para a Apple voltar a transmitir o evento em vídeo — via live streaming do QuickTime — para o mundo todo. Assim, acabaria toda essa dor de cabeça e necessidade desenfreada de live bloggings em texto — talvez o principal motivo para o que aconteceu durante a keynote.

[via TUAW]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…