O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Estoques do iPhone 3GS indicam que ele será descontinuado em breve

iPhone 3GS

Atualmente, o iPhone 3GS é a opção que a Apple oferece para quem quer muito ter um celular com uma maçã atrás, mas não pode ou não quer gastar muito: vendido por US$50 nos Estados Unidos com um contrato de dois anos ou por R$1.000 desbloqueado na TIM, ele pode ser considerado ainda hoje um aparelho bastante funcional, melhor que a maioria dos outros smartphones no mercado. Tanto é que há quem acredite que ele continuará à venda, mais de dois anos depois de ser lançado — o equivalente à idade do Universo, em termos de Apple.

Publicidade

iPhone 3GS

Entretanto, conta o 9 to 5 Mac que diversas fontes em vários países estão percebendo uma redução drástica nos estoques do 3GS e atrasos nas reposições, o que seria um sinal de que o aparelho deverá ser descontinuado em breve — o MacBook branco começou assim e depois deu no que deu.

A estratégia da Apple de manter o aparelho “do ano passado” à venda por um preço mais em conta funcionou bem nas transições do iPhone 3G pro 3GS e do 3GS pro 4, mas é fundamental levar em conta o apelo desse tipo de tática com o público. Uma pessoa média certamente se sentiria mais compelida a comprar um aparelho com menos recursos, talvez até os mesmos do iPhone 3GS, mas que fosse um modelo “do ano”.

Talvez seja exatamente isso o que a Apple tem planejado para 2011: assim como aconteceu com o iPod (o mini foi lançado dois anos depois do primeiro, e hoje há modelos que custam de US$50 a US$400), é possível que esteja na hora de expandir o alcance do iPhone. Pode ser ainda que ela estivesse esperando apenas o momento certo para poder fazer isso sem atrapalhar a vida dos desenvolvedores da App Store por causa de fragmentação — e é possível que a hora seja agora.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Joy of Tech - Por que, por que eu nao comprei acoes da Apple?!

Joy of Tech: "Por que, por que eu não comprei ações da Apple?!"

Próximo Artigo
Miniatura Amazon

Briga da Apple com a Amazon.com por causa da palavra "Appstore" rende restrições na Alemanha

Posts Relacionados