O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Códigos
Medium

Descoberta de malwares para macOS cresceu 1.100% em 2020

Isso não representa nem 1% dos malwares para Windows, entretanto

O mito de que “não existe malware para Mac” já foi desconstruído há muito tempo e, por mais que o macOS tenha um sistema sólido de proteção que não requer do usuário nada além de medidas básicas de navegação segura, é sempre bom estar de olho no submundo de pragas para o sistema. Pois em 2020, ele parece ter crescido bastante.

Publicidade

De acordo com um relatório recente da Atlas VPN, baseado em dados do AV-TEST, foram descobertos pouco mais de 674 mil malwares para macOS ao longo de 2020, uma média de 1.847 novas ameaças por dia. Comparando este número com os de anos anteriores, temos uma estatística impressionante: a descoberta de novos malwares para Macs em 2020 cresceu quase 1.100% em relação a 2019.

Descobertas de malwares para macOS e Windows ao longo dos anos

O gráfico acima mostra que, excetuando eventuais quedas em 2016 e 2019, o ritmo de descoberta das ameaças na plataforma dos Macs vem crescendo vertiginosamente. Em 2012, para se ter uma ideia, foram relatados apenas 691 novos malwares para o macOS — pouco mais de 0,1% do número descoberto ao longo de 2020.

Ainda que o crescimento salte aos olhos, todo o universo de ameaças para macOS torna-se minúsculo se posto em perspectiva. Vejam como está o gráfico do Windows:

Descobertas de malwares para macOS e Windows ao longo dos anos

Sim: a plataforma da Microsoft teve mais de 91 milhões(!) de malwares descobertos ao longo de 2020 — cerca de 250 mil novas ameaças por dia. Em outras palavras, é como se pesquisadores descobrissem em três dias mais ameaças para Windows do que todas as descobertas feitas durante o ano passado no mundo dos Macs.

Isso não significa que a situação está exatamente tranquila na seara da Apple: segundo a Atlas VPN, Macs estão se tornando um alvo cada vez mais atraente para invasores por conta da expansão na sua fatia de mercado e do poder aquisitivo elevado da sua base de usuários. Além disso, criar novos malwares está mais fácil do que nunca: mesmo pessoas com pouca experiência em linguagens de programação estão se aproveitando de códigos prontos para desenvolver novas ameaças, tanto no macOS quanto no Windows.

Ou seja: como de costume, nunca é uma boa ideia baixar a guarda na internet e em relação às coisas que você baixa/instala na sua máquina.

via Apple World Today

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Wikipédia numa lupa

Wikipédia lançará versão paga para Apple e outras gigantes

Próximo Artigo
iPhone 4s

WhatsApp não roda mais no iOS 9 (adeus, iPhone 4s)

Posts Relacionados