O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Chaves do iCloud deverá ganhar melhorias no iOS 14 para se equiparar a apps como o 1Password

Sinal amarelo para a concorrência?
Chaves do iCloud no Safari

O Chaves do iCloud (iCloud Keychain) é um gerenciador básico de senhas que pode até satisfazer a necessidade de usuários menos exigentes — e que conta com a clara vantagem de ser integrado aos sistemas da Apple (totalmente gratuito, claro).

Publicidade

Entretanto, se comparado a basicamente qualquer outro serviço do tipo, a solução da Apple perde feio em termos de recursos e ferramentas — nós mesmos temos um vídeo mostrando por que o 1Password, o líder do segmento, deixa o Chaves do iCloud comendo poeira.

A questão é que, muito em breve, esse status quo poderá mudar. O 9to5Mac publicou hoje mais um dos seus artigos com descobertas tiradas da versão de testes do iOS 14 obtida por eles — hoje, totalmente focado justamente no gerenciador de senhas da Maçã. E, ao que parece, o Chaves do iCloud finalmente atingirá a maioridade na próxima versão do sistema, ganhando recursos que, hoje em dia, só estão disponíveis em ferramentas de terceiros como o LastPass, o Dashlane, o Enpass e o supracitado 1Password.

Querem exemplos? A ferramenta da Apple poderá, por exemplo, alertar o usuário quando ele estiver tentando cadastrar uma senha duplicada, ou seja, que já é utilizada por ele em outros apps e serviços — hábito muito comum que é, também, um dos maiores riscos de segurança que um internauta pode produzir contra si mesmo.

De acordo com as descobertas do site, o Chaves do iCloud poderá, também, funcionar com apps e serviços que exigem autenticação de dois fatores. Isto é, a ferramenta da empresa salvará a senha desses cadastros e atuará como o “segundo fator”, gerando códigos de autenticação para que o usuário possa fazer login de forma mais segura — dispensando, portanto, o uso de métodos menos protegidos, como SMS1 ou email.

Ambos os recursos — alerta de senha repetida e suporte à autenticação de dois fatores — são coisas que, no geral, só estão disponíveis nas versões pagas dos gerenciadores de senhas de terceiros. Ou seja, 1Password e companhia limitada deverão ficar de olhos abertos para as prováveis novidades trazidas pelo iOS 14… enquanto os usuários poderão aproveitar para ficar mais seguros. Boa, não?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
App Store

Apple é acusada de fazer parte de operação global envolvendo pirataria na iTunes Store

Próximo Artigo
FaceTime

Bug nas novas versões do iOS e macOS impede chamadas do FaceTime com sistemas antigos

Posts Relacionados