Irmão de Pablo Escobar processa a Apple e pede US$2,6 bilhões!

iPhone 11 Pro - Escobar

Se você costuma navegar por esse mar de notícias envolvendo tecnologia, já deve ter se deparado com a notícia de que o irmão do famoso narcotraficante Pablo Escobar ameaçou processar a Apple em US$30 bilhões simplesmente por ter lançado — bem, já é sabido que o telefone dele não é bem dele, mas vamos deixar isso para lá — um smartphone dobrável mais barato que o iPhone.

Publicidade

O ponto que ele queria provar? Que a Apple estava trapaceando, enganando as pessoas em relação ao valor real do produto. Bem, Roberto Escobar de fato processou a Maçã, mas não pelo motivo e cifra citados.

Vamos à explicação: de acordo com o TMZ, Escobar sofria muitas ameaças de assassinato e resolveu comprar um iPhone X (por ser um dos aparelhos mais seguros do mercado). O problema é que, segundo ele, o aparelho foi hackeado em uma ligação por FaceTime; na ação, o hacker teria conseguido seu endereço pessoal.

Escobar descobriu que o FaceTime foi hackeado fazendo uma investigação própria. Por conta desse suposto episódio, ele recebeu uma carta com ameaças de uma pessoa chamada Diego e, por isso, teve que aumentar a sua segurança pessoal e até mesmo se mudar. Tudo isso gerou muita dor de cabeça e ele resolveu processar a Apple em US$2,6 bilhões!

Publicidade

A cereja do bolo? Ao entrar no site da Escobar Inc. (a empresa que supostamente criou smartphones dobráveis), tudo o que você encontra à venda é uma versão em ouro 24K de um iPhone 11 Pro de 256GB (ou seja, um smartphone da Apple). 🤷🏻‍♂️

Acompanhemos as cenas dos próximos capítulos…

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…