O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Projeto de lei quer que Apple TV+ tenha 30% de conteúdo europeu

Câmeras
Shutterstock.com

Serviços de streaming de vídeos como Apple TV+, Netflix, Disney+, Amazon Prime Video e outros terão que se mexer para não serem cortados do mercado europeu. Pelo menos é o que uma política da União Europeia quer, ao propor que tais serviços tenham, no mínimo, 30% de conteúdo europeu.

Publicidade

O projeto de lei conhecido como Lei de Regulamentação de Segurança e Mídia Online (Online Safety and Media Regulation Bill) foi publicado por Catherine Martin, política irlandesa que atua como Ministra do Turismo, da Cultura, de Artes, de Gaeltacht, de Esporte e de Mídia no país.

Caso seja ratificada, a lei exigirá que todos os serviços de streaming tenham, no mínimo, 30% de conteúdo classificado como “Trabalho Europeu”. Do contrário, eles serão sumariamente encerrados na União Europeia.

A ideia é que a predominância de conteúdo americano (afinal, a maioria dos serviços foram criados nos Estados Unidos) não seja tamanha a ponto de ofuscar e deixar a cultura europeia de fora — sem falar, obviamente, na injeção econômica de tais produções locais.

Publicidade

Na proposta, tais conteúdos poderão incluir produções inglesas (do Reino Unido), mesmo com toda a polêmica envolvendo o Brexit. O projeto de lei não se aplicaria a serviços considerados de “baixa audiência” — resta saber que parâmetros determinam esse tipo de classificação.

Veremos como será o desenrolar dessa história…

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Dark Matter

Apple TV+ ganhará adaptação do suspense "Dark Matter"

Próximo Artigo
Tim Cook no Apple Park

Tim Cook fala sobre Fitness+, Apple Watch, Tempo de Uso e mais em entrevista

Posts Relacionados