O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Finja surpresa: Brasil tem o iPad Pro mais caro do mundo

Somos campeões de novo! Só que não…
Bandeira do Brasil
Shutterstock.com

Sim: chegou a hora de fazermos mais um artigo do tipo “Brasil tem o [insira o produto da Apple aqui] mais caro do mundo”. Hoje, estrelando o novo iPad Pro.

Publicidade

Como já citamos ontem no nosso levantamento completo de preços, os novos tablets avançados da Maçã sofreram aumentos significativos por aqui, entre 8% e 27% dependendo do modelo. E agora, segundo uma pesquisa da Nukeni, ganhamos mais um título de produto mais caro da Apple.

Convertendo os preços de diferentes modelos do novo iPad Pro para a cotação atual do dólar, o levantamento constatou que os países onde se pode comprar os produtos mais barato são os Estados Unidos e Hong Kong. O Brasil, por outro lado, é o mais caro — ultrapassando, em muito, o dobro do valor cobrado nos EUA.

Vejam as comparações de alguns modelos do tablet:

Publicidade

11 polegadas, Wi-Fi, 128GB

  • Estados Unidos: US$800
  • Hong Kong: US$824,19
  • Canadá: US$839,89
  • Japão: US$876,80
  • China: US$954,94
  • Reino Unido: US$1.043,80
  • França: US$1.081,40
  • Portugal: US$1.093,43
  • Suécia: US$1.128,02
  • Brasil: US$1.938,77

12,9 polegadas, Wi-Fi, 128GB

  • Estados Unidos: US$1.100
  • Hong Kong: US$1.133,31
  • Canadá: US$1.176,19
  • Japão: US$1.200,52
  • China: US$1.309,25
  • Reino Unido: US$1.392,20
  • França: US$1.466,33
  • Portugal: US$1.478,36
  • Suécia: US$1.543,83
  • Brasil: US$2.656,90

12,9 polegadas, Wi-Fi + Cellular, 2TB

  • Estados Unidos: US$2.400
  • Hong Kong: US$2.408,43
  • Canadá: US$2.504,56
  • Japão: US$2.587,87
  • China: US$2.849,73
  • Reino Unido: US$2.994,84
  • França: US$3.126,33
  • Portugal: US$3.138,36
  • Suécia: US$3.325,86
  • Brasil: US$5.385,81

O levantamento da Nukeni traz vários outros países e os preços para todas as versões dos novos iPads Pro. Em todas as listas, vale notar, a Suécia é sempre o segundo país mais caro para adquirir os tablets — mas sempre com uma diferença brutal em relação ao Brasil.

Os preços nos EUA, por sua vez, não incluem as taxas dos impostos estaduais de venda, que variam de acordo com o estado e geralmente giram entre 3% e 10% do valor da compra (alguns poucos estados, como o Oregon, não cobram esse imposto estadual).

Ainda assim… bom, essa é a situação. A cada novo reajuste, adquirir um produto da Maçã no Brasil vai se tornando coisa de estratos cada vez menores e mais abastados da sociedade, infelizmente — e a discussão sobre as razões para isso (política cambial, descaso da Apple Brasil, crise econômica…) vão longe. Complicado.


iPad Pro (miniatura)
iPads Pro de 11″ e 12,9″ de Apple Preço à vista: a partir de R$9.719,10
Preço parcelado: em até 12x de R$899,92
Cores: cinza espacial ou prateado
Capacidades: 128GB, 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB
Lançamento: abril de 2021
Geração: 3ª geração (11″) e 5ª geração (12,9″)

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Dinheiro

Apple Brasil aumenta preços de reparo de iPads e Apple TVs

Próximo Artigo
Novo comercial da campanha "Behind the Mac", da Apple

"Behind the Mac": novos comerciais focam em estudantes e músicos

Posts Relacionados