O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Watch: estudo visa detectar sinais de insuficiência cardíaca

Pacientes poderão, quem sabe, controlar a doença das suas próprias casas

Mais um dia, mais um estudo de saúde realizado com um auxílio fundamental do Apple Watch. Hoje, como relatou o Newswise, o foco é em casos de insuficiência cardíaca — ou, mais precisamente, em formas de detectar sinais de piora da doença com antecedência, o que pode potencialmente salvar a vida de muitos pacientes.

Publicidade

O estudo está sendo realizado pela Rede Universitária de Saúde (University Health Network, ou UHN) do Canadá, com liderança da Dra. Heather J. Ross. Ao longo de três meses, os voluntários da pesquisa utilizarão Apple Watches para detectar se algum tipo de monitoramento remoto realizado por meio do relógio pode ser utilizado como forma de detectar sinais de piora nos casos de insuficiência cardíaca.

Entre as métricas utilizadas pelos pesquisadores, o nível de oxigênio no sangue dos pacientes será um dos dados observados — ou seja, os relógios entregues aos voluntários serão Apple Watches Series 6, os únicos que contam com o recurso do oxímetro.

Os dados coletados pelos relógios serão comparados com aqueles capturados normalmente, em testes físicos realizados pelos pacientes, para que os pesquisadores possam detectar quaisquer possíveis correlações (ou divergências) entre os dois monitoramentos.

Publicidade

Caso o estudo chegue a uma conclusão de que o Apple Watch pode ajudar a detectar piora em casos de insuficiência cardíaca, isso representará um avanço e tanto para pacientes da doença — afinal de contas, os usuários e seus médicos poderão ter um sinal de alerta bem mais adiantado de que algo não está indo bem no organismo do paciente, e medidas para solucionar o problema poderão ser empregadas mais rapidamente.

A Dra. Ross, líder do estudo, está otimista — assim como o Dr. Sumbul Desai, vice-presidente de Saúde da Apple, que declarou o seguinte:

Novas descobertas na área da saúde cardíaca têm cumprido um papel fundamental na evolução do Apple Watch e nós somos constantemente honrados com os feedbacks que recebemos de usuários sobre o impacto que o relógio tem trazido às suas vidas. Estamos animados em colaborar com a UHN e a Dra. Heather Ross para melhor entendermos como os sensores poderosos do Apple Watch podem potencialmente ajudar pacientes a lidar melhor com a insuficiência cardíaca, diretamente do conforto das suas casas.

Tomara que eles tenham sucesso, portanto!

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Clubhouse

Ainda em fase de convite, Clubhouse atinge 8 milhões de downloads

Próximo Artigo
Cena de "Luck", do Apple TV+

Apple TV+: Jane Fonda fará a voz do dragão de "Luck"

Posts Relacionados