O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Macs M1 podem ter problema que afeta a vida útil de SSDs

MacBook Pro com chip M1
Mr.Mikla / Shutterstock.com

A transição de Macs com chips Intel para máquinas com processadores criados pela Apple tem sido muito tranquila. Ainda assim, existem alguns percalços no meio desse caminho e o mais recente envolve os SSDs desses computadores.

Publicidade

De acordo com relatos no fórum Linus Tech Tips, no Twitter, no fórum do MacRumors — e possivelmente em outros locais —, alguns usuários mais profissionais dos novos Macs com M1 estão experimentando gravações na memória flash extremamente altas num período relativamente curto, como notou o PC Gamer.

Nos casos mais graves relatados, esses Macs já consumiram cerca de 10-13% dos bytes totais escritos (total bytes written, ou TBW) dos SSDs.

Calma que eu explico: essas memórias flash têm um certo prazo de vida. Você pode gravar dados nesses componentes um determinado número de vezes até que tudo se torne instável a ponto de não ser mais possível utilizá-las.

Publicidade

O sistema operacional gerencia essa escrita, garantindo que os dados sejam espalhados nas células de memória uniformemente — de forma que o componente dure mais tempo. Ou seja, ainda que estejamos falando de um comportamento normal (o desgaste do SSD), o ponto aqui é a velocidade com que isso está ocorrendo em Macs M1.

Atualização do SSD do Mac M1… Apple, isso NÃO está legal. Especialmente pelo SSD interno não ser substituível. A máquina tem apenas um pouco mais de 2 meses de uso.

Da forma como está hoje, alguns usuários teriam seus Macs (afinal, hoje em dia tudo é soldado na placa) inutilizados em menos de dois anos — o que, convenhamos, seria algo inaceitável.

Obviamente estamos falando dos piores casos aqui, mas ainda assim, é preocupante.

Modelo de 2TB, 16GB. 3% usado.
Isso significa que, proporcionalmente, para um modelo de 256GB, você esperaria ~30% de uso.
Se isso for preciso, algumas dessas máquinas não vão durar meio ano para 100%.
E esse é um modelo de 16GB. 8GB deve ser pior.
Que merda.

Um desses usuários — que já utilizou 3% da vida da memória flash do seu Mac (de 2TB) — especulou que, em uma máquina de 256GB, ele já poderia ter usado cerca de 30% da vida do SSD até o momento, atingindo os 100% justamente dentro desses dois anos comentados acima. Vale notar que o SSD pode continuar a funcionando após o limite de TBW for atingido, mas não temos como saber por quanto tempo mais.

Não se sabe ainda quão amplo é esse problema, mas o fato é que também estão surgindo relatos de pessoas com Macs Intel passando pela mesma coisa — ou seja, pode ser que estejamos falando de algo não-exclusivo aos Macs M1.

Publicidade

Também não há como saber — ao menos por enquanto — se o problema está numa possível leitura errada desses dados ou se o macOS está de fato escrevendo grandes quantidades de dados na memória flash. A boa notícia é que provavelmente esse problema poderá ser corrigido numa futura atualização do macOS Big Sur. 🙏🏼

via iMore, MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Conceito: teclado de emojis favoritos

Conceito: teclado de iPhone com emojis favoritos

Próximo Artigo
Bateria externa MagSafe da Anker

Anker apresenta bateria externa MagSafe para iPhones 12

Posts Relacionados