O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

XanderSt / Shutterstock.com
Twitter

Twitter oficializa Super Follows e terá novo “Modo de Segurança”

Você pagaria para ter acesso a conteúdo exclusivo de alguém na rede?

Muito já foi falado sobre os Super Follows, novo recurso do Twitter o qual permitirá que determinados perfis façam cobranças mensais para oferecer conteúdo exclusivo aos seus “super seguidores”. Agora, enfim, a novidade está devidamente oficializada — e detalhada.

Publicidade

Os Super Follows começarão a ser liberados, inicialmente, nos Estados Unidos e no Canadá — e somente no aplicativo da rede para iOS, nessa fase inicial. Por ora, apenas contas selecionadas com mais 18 anos, mais de 10 mil seguidores e atividade regular na rede poderão oferecer a opção — e, para isso, precisarão se candidatar ao recurso, na aba “Monetização” do aplicativo.

Os perfis poderão oferecer os Super Follows em três valores: US$3, US$5 ou US$10 mensais. Os pagamentos serão processados pela Stripe, e os criadores de conteúdo receberão 97% da receita gerada — descontando as taxas da empresa de pagamento e da Apple — até atingirem US$50 mil, considerando todas as opções de monetização do Twitter. Após essa marca, os criadores passarão a receber até 80% da receita.

Do lado dos usuários, a opção dos Super Follows será exibida em destaque nos perfis que a oferecerem; fazendo o pagamento, você terá acesso aos tweets e demais conteúdos exclusivos daquela conta. Quando você interagir com uma das contas que você assina, o Twitter destacará suas respostas e incluirá ao lado do seu nome de um usuário um distintivo de “super seguidor”, para que o criador de conteúdo veja mais facilmente seus comentários.

Publicidade

Para a estreia do recurso, o Twitter fez uma parceria com alguns perfis populares: @KingJosiah54, por exemplo, oferecerá análises esportivas ainda mais aprofundadas para os “super seguidores”, e a @MakeupForWOC oferecerá tratamento de “cliente” aos assinantes.

Vejamos, agora, se a rede expandirá o recurso rapidamente. Você pagaria por acesso especial a algum perfil por lá?

Safety Mode

Outra novidade da rede social do passarinho — esta, ainda em fase de testes — é o chamado Safety Mode (Modo de Segurança), um novo recurso para evitar abuso online, especialmente naqueles temidos momentos em que um dos seus tweets sai da sua bolha, viraliza e acaba atraindo todo tipo de discurso questionável.

O Safety Mode é um recurso temporário, válido por sete dias e ativado pelo próprio usuário a qualquer momento que ele entenda necessário. Ele detecta palavras, frases e comportamentos potencialmente danosos em interações feitas com seu perfil (como ameaças, ofensas ou tentativas de stalking) e bloqueia automaticamente os autores dessas interações indesejadas.

A ferramenta é razoavelmente inteligente: ela é capaz de detectar, por exemplo, contas que já lhe seguem (e que você segue, também) e que interagem regularmente com você para evitar o bloqueio automático. Você pode, também, checar todas as contas bloqueadas pelo Safety Mode na tela do recurso (bem como as mensagens marcadas como danosas) e revogar o bloqueio daquelas que considerar “inocentes”, caso queira.

O Safety Mode será liberado inicialmente para contas selecionadas no Twitter para iOS, Android e na web. Em breve, o recurso deverá ser expandido para todos os usuários da rede.


Ícone do app Twitter
Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.83 (146.9 MB)
Requer o iOS 13.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Park

Apple quer saber quantos de seus funcionários já estão vacinados

Próximo Artigo
Apple Pay

Governo australiano quer "abrir" Apple Pay, Google Pay e outros

Posts Relacionados