O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

VMware Fusion ganha suporte a Macs M1 em versão prévia, mas…

…não será possível virtualizar o Windows nele (ao menos a princípio)
VMware Fusion e Mac M1

Em abril último, a VMware declarou que seu principal produto — o software de virtualização Fusion — ainda não estava pronto para o chip M1. Agora, o jogo virou: a empresa iniciou nesta semana os testes da versão já adaptada para o Apple Silicon, mas com uma limitação crucial: *não* será possível rodar Windows nele.

Publicidade

O desenvolvedor Michael Roy anunciou as novidades no Twitter. O VMware Fusion para Macs M1 será liberado inicialmente em fase Private Tech Preview, apenas para testadores selecionados — você pode se candidatar nessa página. Segundo Roy, uma versão beta pública do software deverá ser liberada nas próximas duas semanas.

Como já anunciado, entretanto, o VMware Fusion para Macs M1 não será capaz — ao menos inicialmente — de virtualizar o Windows 10. Isso porque a Microsoft ainda não oferece uma versão comercial do Windows ARM para esse tipo de instalação: por ora, a empresa licencia o sistema operacional apenas para ser pré-instalado em dispositivos. Instalar o Windows ARM numa máquina virtual, portanto, seria uma violação dos termos de uso do sistema.

Essa é uma abordagem diferente — e mais “rígida” — do caminho que a Parallels resolveu tomar. Usuários do Parallels Desktop 16.5 já podem virtualizar o Windows 10 no Apple Silicon, mas para isso precisam baixar a versão Insider Preview do sistema no site da Microsoft. A empresa nota, nos seus termos de uso, que “o usuário é responsável por se certificar de que está em conformidade com os termos de uso do sistema operacional”, transferindo para o consumidor a responsabilidade caso a Microsoft detecte alguma violação dos seus termos.

Publicidade

Voltando ao VMware Fusion, vale notar que, no Apple Silicon, ele também não será capaz de virtualizar versões x86 (para chips Intel) do Windows ou do Linux. O software, portanto, será focado somente em usuários que queiram virtualizar distribuições do Linux já adaptadas para a arquitetura ARM — ao menos até que a Microsoft disponibilize no mercado uma versão do Windows ARM.

De qualquer forma, é o que temos para hoje. A VMware ainda não anunciou cronograma, preços ou opções de upgrade do Fusion para M1, mas ficaremos de olho.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo do Instagram no iOS

Instagram testa recurso para priorizar usuários no seu feed

Próximo Artigo
Enhance do Spotify

Spotify Enhance adicionará sugestões às suas playlists automaticamente

Posts Relacionados