O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

TikTok e dinheiro
Mehaniq / Shutterstock.com

Criança gasta R$13 mil no TikTok e pai pede reembolso à Apple

Um dos responsáveis por uma menina de 10 anos com transtorno do espectro autista escreveu uma carta para o jornal britânico The Telegraph, relatando uma complicada situação. Ela envolve mais um daqueles casos de crianças gastando dinheiro online à revelia dos pais.

Publicidade

A pessoa, identificada apenas pelas iniciais A.H., conta que a filha gastou £2 mil (equivalente a quase R$13 mil) em moedas da rede social TikTok. O responsável relatou que um influenciador, de usuário Ohidur247, “ludibriou” a garota a dar a quantia. Esse é um recurso que permite usuários apoiarem pessoas de que gostem, presente também em outras mídias.

Os pais só ficaram sabendo quando os recibos das 23 compras chegaram ao email cadastrado no ID Apple. Então, eles iniciaram uma cruzada contra a Apple, visando obter reembolso pelo valor gasto pela filha. A justificativa utilizada foi que a empresa deveria ter bloqueado transações tidas como suspeitas.

Os pedidos foram inicialmente negados; um email enviado para o escritório regional da Apple na Irlanda também não obteve resposta. O único resultado, até então, foi o recebimento de um página da empresa sobre questões legais no país.

Publicidade

O TikTok, por sua vez, fez uma análise preliminar do usuário Ohidur247. Constatou-se que ele, verificado e com milhões de seguidores, não violou regras da plataforma. Após ser pressionada, a rede social mudou de posição, dizendo que a pessoa estava indo de encontro às diretrizes sobre fraudes e golpes, já que estava trocando pagamentos por seguidores.

Após a repercussão do caso e a investigação do aplicativo, a Apple resolveu reembolsar todas as compras feitas. A empresa lembrou, ainda, das funções de controle parental. O TikTok bloqueou a capacidade do referido usuário de fazer livrestreams, mas sua conta segue ativa e verificada.

O responsável pela menina disse que ativou as funções que limitam compras no iPhone antigo da filha, mas não no que ela estava usando (um novo, que foi um presente de Natal). Ele reforçou que a Apple deveria ter controles similares aos de bancos para pagamentos tidos como suspeitos.

Parece que deixar um iPhone com um cartão de crédito cadastrado e sem limitações na mão de uma criança de 10 anos não é a melhor das ideias, não é?


Ícone do app TikTok
TikTok de TikTok Ltd.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 25.0.0 (316.6 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

via PhoneArena

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Realidade aumentada

Apple estaria freando mercado de realidade aumentada com falta de suporte no Safari

Próximo Artigo
Australian Competition and Consumer Commission

Apple e Google rebatem possível monopólio na Austrália

Posts Relacionados