O melhor pedaço da Maçã.

Instagram agora permite publicar conteúdos com NFTs [atualizado 2x]

Após iniciar testes em maio, o Instagram liberou agora o suporte a NFTs1Non-fungible token, ou token não fungível., como divulgado pela Meta. A partir de hoje, será possível postar conteúdos de “colecionáveis digitais”, como a rede está chamando em português, em diversos países.

Publicidade

O CEO2Chief executive officer, ou diretor executivo. da Meta, Mark Zuckerberg, também repercutiu a expansão dos NFTs em um post descontraído no Instagram. Nele, há uma foto — a se tornar NFT — de um antigo cartão da liga de baseball de que ele fazia parte quando criança.

Para fazer uso da novidade, é necessário associar a sua carteira ao Instagram — são suportadas Coinbase Wallet, Dapper, Rainbow, MetaMask e Trust Wallet; a Flow ganhará suporte em breve. Os sistemas de blockchain que atualmente funcionam com o app são Ethereum, Polygon e Flow.

Não há taxas para postar ou compartilhar NFTs no Instagram. É possível marcar tanto o detentor do token quanto o criador da obra, caso não haja configurações de privacidade que impeçam a associação. A Meta afirmou que o lançamento reflete seu desejo em “apoiar criadores que querem monetizar seu trabalho e a comunidade que aprecia o tema”.

Publicidade

Abaixo, um tweet do jornalista Thássius Veloso mostra como fica uma publicação com um NFT já em português.

No comunicado, a Meta lembrou do impacto ambiental que têm os colecionáveis e se comprometeu a compensá-lo. “A Meta ajudará a reduzir o impacto das emissões que pode ser associado à exibição de colecionáveis digitais no Instagram comprando energia renovável”, disse a empresa.

Atualização, por priscila klopper29/08/2022 às 14:40

Dando continuidade à iniciativa de popularizar os NFTs em suas redes, a Meta atualizou seu comunicado sobre os “colecionáveis digitais” para anunciar que usuários agora poderão publicar simultaneamente no Instagram e no Facebook.

Assim, a rede permite que as pessoas conectem suas carteiras digitais — como a MetaMask e a Trust Wallet — às suas contas e optem por compartilhar tanto com o Facebook, quanto com o Instagram. A novidade, vale notar, está sendo liberada gradualmente.

via TechCrunch

Atualização II, por Priscila Klopper14/03/2023 às 13:43

É, parece que a “moda” dos NFTs3Non-fungible tokens, ou tokens não fungíveis. não durou muito — pelo menos não para a Meta. Após pouco mais de seis meses, parece que a empresa desistirá do recurso.

Ontem (13/3), o responsável por commerce e fintech da empresa, Stephane Kasriel, anunciou em uma thread no Twitter que eles iriam “diminuir” as operações acerca dos colecionáveis digitais, de modo a dar mais foco a “outras formas de apoiar criadores, pessoas e empresas”.

Algumas novidades de produtos: em toda a empresa, estamos analisando de perto o que priorizamos para aumentar nosso foco. Estamos diminuindo os colecionáveis digitais (NFTs) por enquanto para focar em outras formas de apoiar criadores, pessoas e empresas. 🧵[1/5]

De acordo com um email enviado por Joshua Gunter (porta-voz da Meta) ao The Verge, a empresa decidiu encerrar seus testes de compra e venda de NFTs no Instagram, além da opção de compartilhar NFTs no Instagram e no Facebook, nas próximas semanas.

Pois é, algumas tecnologias vêm para ficar e outras apenas vêm e vão…


Ícone do app Instagram
Instagram de Instagram, Inc.
Compatível com iPhones
Versão 332.0.0 (288.6 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Facebook
Facebook de Meta Platforms, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 464.0.0 (343.9 MB)
Requer o iOS 13.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Notas de rodapé

  • 1
    Non-fungible token, ou token não fungível.
  • 2
    Chief executive officer, ou diretor executivo.
  • 3
    Non-fungible tokens, ou tokens não fungíveis.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Apple libera update para o Studio Display [atualizado]

Próx. Post

Homem viaja 96 horas para reaver mala rastreada pelo AirTag

Posts Relacionados