O melhor pedaço da Maçã.
Shutterstock.com
Gráfico 3D de coração com marcapasso

Novo estudo aponta interferência do MagSafe com marcapassos

Já há algum tempo, é de preocupação de cientistas e médicos a possível interferência da tecnologia MagSafe, presente nos iPhones 12, com marcapassos e outros cardioversores desfibriladores implantáveis (CDIs).

Publicidade

Embora a Apple já tenha se posicionado sobre o caso, isso gerou uma série de estudos focados nos problemas que essa interação pode causar, como uma nova pesquisa divulgada pela American Heart Association — na qual foi definido que, de fato, há interferência do MagSafe em marcapassos, mas os efeitos ocorrem apenas quando o iPhone está “sobre ou muito perto do implante”.

De acordo com a AHA, embora eles tenham usado um iPhone 12 Pro Max nos testes, foi observado que a interferência ocorre com os dispositivos “de todas as três principais empresas”, as quais não foram especificadas (Apple e Samsung são, naturalmente, duas delas).

O teste envolveu colocar o iPhone 12 Pro Max muito próximo a um conjunto de 11 marcapassos e desfibriladores diferentes. Alguns desses dispositivos já estavam implantados em pacientes (chamados testes “in vivo”). Outros eram “ex vivo”, ou seja, dispositivos que ainda não foram implantados.

Publicidade

Nosso estudo demonstra que o modo de reversão do ímã pode ser acionado quando o iPhone 12 Pro Max é colocado diretamente na pele sobre um dispositivo cardíaco implantável e, portanto, tem o potencial de inibir terapias que salvam vidas.

Segundo a AHA, o grau de interferência variou durante o teste, mas todos os dispositivos foram afetados. Eles apontam, ainda, que o iPhone 12 Pro Max foi capaz de acionar o modo de reversão magnética a uma distância de até 1,5cm do corpo.

Nossa série de testes tem várias implicações clínicas. As pessoas costumam colocar seus smartphones no bolso da camisa sobre um dispositivo que pode estar próximo a CDIs. Isso pode levar a estimulação assíncrona ou desativação de terapias antitaquicárdicas.

No começo deste ano, a Apple atualizou um documento de suporte recomendando que usuários dos iPhones 12 mantenham seus dispositivo a uma distância de pelo menos 15cm de quaisquer implantes médicos.

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via iMore

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Como acompanhar a keynote da WWDC21 na segunda-feira

Próx. Post

Vídeo: Chipolo ONE Spot, uma boa alternativa ao AirTag

Posts Relacionados