O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Segurança/cadeado e Google Chrome
Alberto Garcia Guillen / Shutterstock.com

Google Chrome busca aumentar adesão ao HTTPS

Em abril passado, o Google tornou o HTTPS padrão no acesso a sites no Chrome. Contudo, isso não significa que os constantes esforços da empresa para torná-lo amplamente utilizado acabou. Ontem, a companhia anunciou novos recursos que introduzirá até o fim do ano para aumentar ainda mais a adoção ao protocolo seguro de navegação.

Publicidade

No Chrome 94, previsto para setembro próximo, o Google vai implementar um recurso chamado HTTPS-First Mode — ferramenta a qual tentará garantir que o usuário sempre se conecte a um site por HTTPS. Quando isso não for possível, no entanto, o navegador exibirá um aviso de que sua privacidade e sua segurança estão em risco. Inicialmente, os usuários precisarão ativar a função, mas a companhia já garantiu que pode torná-la padrão no futuro.

Antes mesmo de a versão 94 ser lançada, a empresa tem algo guardado para o Chrome 93. Nele, o longínquo ícone de cadeado, presente na barra de endereços — o qual indica se você está conectado com segurança a um site —, será substituído por uma seta para baixo mais “neutra”, diz o Google.

A empresa justifica que essa mudança busca “melhorar a descoberta de informações críticas de privacidade e segurança” pelos usuários. Segundo a mesma publicação, apenas 11% dos participantes de um estudo recente sabiam o que o ícone significava.

Essa modificação, contudo, não removerá o aviso visto ao se conectar a um site por HTTP — o aviso “Não seguro” permanecerá sendo exibido na barra de endereços. O Google também disse que continuará suportando o HTTP, apenas por enquanto. Ao mesmo tempo, ela ainda estudará se deve limitar ou restringir completamente certos recursos do navegador quando não houver uma conexão segura com sites.


Ícone do app Google Chrome
Google Chrome de Google LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 94.0.4606.52 (135.6 MB)
Requer o iOS 14.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Caixa do iPhone 12 Pro Max

iPhones 12 representam 63% de todos os modelos mais vendidos nos EUA

Próximo Artigo
Spotify vs. Apple Music

Reino Unido recomenda que streamings paguem mais a artistas

Posts Relacionados