O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Caixa de MacBook Pro

Irmãos que roubaram 800 MacBooks são condenados nos EUA

O esquema causou um prejuízo de mais de US$4 milhões a uma universidade privada

No ano passado, falamos aqui sobre o caso dos irmãos Patricia e Eric Castaneda, que montaram um esquema de desvio de MacBooks adquiridos por Patricia em nome do seu departamento de projetos para a web na Escola de Ciências Humanas em uma universidade privada de Stanford (Califórnia).

Publicidade

Pois a operação, que rendeu um prejuízo de mais de US$4 milhões à instituição, acabou recentemente com seus dois principais personagens condenados.

De acordo com o Mercury News, Patricia foi condenada a 33 meses de prisão e a restituir a universidade em cerca US$4 milhões. Eric, por sua vez, foi condenado a 18 meses de prisão e a restituir a instituição em US$2,3 milhões.

O caso, como já detalhamos, perdurou por quase dez anos e tinha Patricia como operadora principal: ela iniciou o esquema sozinha, vendendo por conta própria os MacBooks que comprava em nome da universidade num site de classificados.

Publicidade

Em 2016, Eric se juntou à irmã e passou a transportar os computadores à cidade de Folsom (também na Califórnia), onde as máquinas eram compradas por Philip James, um terceiro envolvido, e posteriormente revendidas. No total, mais de 800 MacBooks foram desviados ao longo da operação.

James, vale notar, se declarou culpado perante às autoridades no início do mês e precisará pagar uma restituição de cerca de US$2,7 milhões à universidade. Sua sentença criminal, entretanto, só será proferida em julho próximo.

via The Mac Observer

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo da Apple em loja de Bangkok (Tailândia)

Apple cai no ranking de marcas mais "íntimas" dos consumidores

Próximo Artigo
WhatsApp em um iPhone

MPF pede para WhatsApp adiar o lançamento das Comunidades

Posts Relacionados