O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Senha no iPhone
nikkimeel / Shutterstock.com

Apple, Microsoft e Google avançam para criar logins sem senhas

Após a adesão à FIDO Alliance em 2020, a Apple anunciou hoje que implantará novas tecnologias e especificações para logins mais simples e seguros ao lado da Microsoft e do Google.

Publicidade

Vale notar que as plataformas dessas empresas já suportam os padrões da FIDO para permitir o login sem senha em bilhões de dispositivos, mas as especificações atuais exigem que os usuários façam login em cada site ou aplicativo com cada dispositivo antes que possam usar a funcionalidade sem senha.

O anúncio de hoje, porém, estende essas implementações para oferecer aos usuários dois novos recursos:

  • Permitir que usuários acessem automaticamente suas credenciais de login (ou chave de acesso FIDO) em vários dispositivos, mesmo novos, sem precisar se registrar novamente em todas as contas.
  • Permitir que usuários autentiquem logins em seus dispositivos móveis com um dispositivo próximo, independentemente da plataforma do sistema operacional ou do navegador em execução.

Segundo as informações, espera-se que esses novos recursos estejam disponíveis nas plataformas da Apple, da Microsoft e do Google ao longo do ano que vem.

Assim como projetamos nossos produtos para serem intuitivos e capazes, também os projetamos para serem privados e seguros. Trabalhar com o setor para estabelecer métodos de login novos e mais seguros, que ofereçam melhor proteção e eliminem as vulnerabilidades de senhas, é fundamental para nosso compromisso de criar produtos que ofereçam segurança máxima e uma experiência de usuário transparente — tudo com o objetivo de manter as informações pessoais de usuários seguras.

Kurt Knight, diretor sênior de marketing de produtos de plataforma da Apple.

Ao substituir as senhas comuns, o novo padrão da FIDO reduz a suscetibilidade a ataques de phishing, já que a autenticação depende da biometria armazenada no dispositivo do usuário, em vez de uma senha passível de ser compartilhada/descoberta. Isso também elimina a necessidade de códigos de autenticação enviados via SMS1, que podem ser falsificados por crackers.

Os usuários farão login através da mesma ação que realizam várias vezes ao dia para desbloquear seus dispositivos, como uma simples verificação de sua impressão digital ou rosto, ou um PIN do dispositivo.

A Apple não forneceu detalhes de como expandirá o suporte às novas implantações da FIDO em suas plataformas, mas provavelmente isso será explanado na WWDC22, em junho. Já a Microsoft disse que criará suporte em seus aplicativos e serviços, enquanto o Google afirmou que está trabalhando para disponibilizar a tecnologia no Chrome, no ChromeOS e no Android.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Watch quebrado - Loja do Sapo

★ Apple Watch quebrado? Deixe-o novo, com desconto e frete grátis! Só este mês!

Próximo Artigo
Total War: WARHAMMER III

Total War: WARHAMMER III é lançado apenas para Macs M1

Posts Relacionados