O melhor pedaço da Maçã.
Denúncia no Twitter

Twitter torna processo de denúncia mais “humanizado”

O Twitter, assim como a maioria das redes sociais atualmente, dá aos usuários a possibilidade de denunciar determinada publicação e/ou perfil que tenha infringido as diretrizes da empresa — praticando coisas como discurso de ódio, ameaças e desinformação.

Publicidade

Porém, quase sempre esse processo se dá de forma bastante mecânica (e até mesmo superficial). Na rede do passarinho, por exemplo, você pode denunciar um tweet por não ter interesse nele, achar que é suspeito ou spam, ser abusivo ou nocivo, ser enganoso e manifestar intenções de automutilação ou suicídio.

Depois, o usuário é apresentado a alguns subtópicos para deixar ainda mais claro e especificar o teor da infração — o que (de certa forma) deixa nas mãos dele a responsabilidade de “diagnosticar” o problema para que alguma atitude seja tomada. Agora, o Twitter quer inverter a ordem como as coisas acontecem.

Lançando um novo sistema de denúncias — que já está em testes desde o fim do ano passado —, a rede social promete “humanizar” o processo, perguntando antes ao usuário o que está acontecendo de maneira bastante detalhada. Isso porque, em situações de urgência, pode ser difícil para alguém determinar claramente qual regra do Twitter foi infringida, o que só piora quando várias delas são burladas de uma única vez.

No novo processo, algumas etapas bem didáticas são seguidas, e ele tem início com a rede social questionando quem é a vítima em questão. Após isso, o foco do questionamento é o agressor, com um questionamento sobre como está sendo a conduta do usuário e o que ele está praticando para infringir as regras da plataforma.

Publicidade

Depois, o Twitter questiona como o denunciado está praticando a “infração” para, só então, sugerir uma categoria na qual a denúncia se encaixa, bem como apresentar um resumo das informações fornecidas por ele nas etapas anteriores. Caso não seja a categoria ideal, há a possibilidade de trocá-la por outra manualmente.

O Twitter informou que a mudança já entrou em vigor para a maioria dos países. Ao que tudo indica, ela está sendo disponibilizada de maneira gradual para todos os usuários.


Ícone do app X
X de X Corp.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 10.36 (258.4 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Twitter
Twitter de X Corp.
Compatível com Macs
Versão 9.30 (146.8 MB)
Requer o macOS 11.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR

via TecMundo

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Executivos da Apple participam de entrevista pós-WWDC22

Próx. Post

Policial é preso após esconder AirTag em carro de ex-namorada

Posts Relacionados