O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Pay

Apple estaria trabalhando em infraestrutura financeira própria

Embora o Apple Pay já esteja disponível em mais de 70 países, outros serviços financeiros da Maçã como o Apple Cash ou o famoso Apple Card ainda são exclusivos dos Estados Unidos, sendo ainda muito dependentes de instituições financeiras locais. Segundo informações da Bloomberg, entretanto, essa situação pode estar com os seus dias contados.

Publicidade

De acordo com o veículo, a Apple estaria trabalhando em sua própria tecnologia e infraestrutura de processamento de pagamentos, o que faria parte de um plano de longo prazo da empresa para trazer novos produtos e expandir seus serviços financeiros para novas localidades.

Nova matéria: a Apple está desenvolvendo sua própria tecnologia de processamento de pagamentos e infraestrutura financeira para futuros serviços financeiros, como o Apple Pay Later (compre agora, pague depois), serviço de assinatura de hardware para o iPhone e mais.

Chamado internamente de “Breakout”, o serviço supostamente oferecerá recursos como avaliações de risco de empréstimos, verificações de crédito (a Apple recentemente comprou uma startup desse setor), tratamento de disputas, cálculo de juros, análises de fraude, recompensas, entre outros. A ideia principal é que a Apple se afaste cada vez mais de seus atuais parceiros financeiros, como o Goldman Sachs e o Citizens Bank, por exemplo.

Ademais, a companhia também estaria trabalhando em um novo sistema de pagamentos chamado “Apple Pay Later”, o qual seria dividido em duas modalidades: a primeira, chamada internamente de “Apple Pay in 4”, permitirá que o cliente pague por compras feitas com o Apple Pay a partir de quatro cobranças feitas a cada duas semanas, sem juros; a segunda, intitulada “Apple Pay Monthly Installments”, permitirá que o usuário divida suas compras em pagamentos mensais (com juros) — como o próprio nome sugere.

Publicidade

A matéria também cita que a Apple está mesmo trabalhando em um novo serviço de assinatura de hardwares, o qual, segundo as especulações iniciais, poderá incluir iPhones e até Macs. Essa novidade também deverá se aproveitar dessa nova infraestrutura no futuro.

Ainda de acordo com a Bloomberg, a Apple estaria enfrentando alguns obstáculos no desenvolvimento desses novos serviços financeiros, o que pode atrasar seus planos e a forçar a continuar trabalhando com seus atuais parceiros por mais algum tempo, embora isso seja considerado “improvável”.

Caso isso se concretize como esperado, quem sabe até mesmo serviços como o Apple Card possam chegar a mais países — assim vamos torcer.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
NuPay, sistema de pagamentos online do Nubank

NuPay: Nubank lança serviço de pagamento para compras online

Próximo Artigo
Carro de testes da Apple

Apple contrata mais 10 motoristas para testes de carro autônomo

Posts Relacionados